segunda-feira, março 09, 2009

Viva eu, viva tudo, viva o Chico Barrigudo

Gostei do momento do Ronaldão X-Tudo. Não vi o jogo todo, mas assim que acabou a partida do Galo, a Globo mudou para o clássico Palmeiras e Corinthians a tempo de presenciar o gol ao vivo.

Aquela histeria normal da Globo e do corinthianíssimo Kleber até conseguiram diminuir o brilho do momento, mas Ronaldo fez a coisa certa e calou a boca, deixando a babaquice para os babacas.

Ronaldo foi um craque, um puta craque quando esteve no auge e merecia acabar a carreira de forma menos melancólica do que se anunciava. Não foi o melhor jogador que eu já vi jogar, mas fica entre os 10.

Até aí tudo certo, mas ter que aguentar o sr. "Regra é Clara" dizendo que o juiz foi insensível porque deu amarelo pro ídolo dele é péssimo. O cara que é sempre inflexível no achincalhe aos árbitros defendendo o amigo pessoal em rede nacional sem nenhum argumento técnico que não seja a insensibilidade foi algo bem triste.

Outra coisa, foi um gol de oportunismo, de boa colocação e muitíssimo importante por acontecer nos descontos, contra o Palmeiras e após uma falha horrorosa do Felipe e de um ano de crise sem precendentes na vida do Ronaldo, mas golaço? Golaço seria o chute de fora da área entrar no ângulo e pronto. Golaço é exagero até para os mais ronaldistas.

Mas enfim, parabéns por Ronaldo e que bom que um dos grandes craques do meu tempo não vai terminar a carreira como eu cheguei a pensar que ele fosse.




Direto na têmpora: Little Shell - John Voorhees

7 comentários:

ndms disse...

Eu também sou fan desse jogador e, como você, espero que ele tenha um bonito e justo fim de carreira

redatozim disse...

É isso aí, ndms, força pra ele.

Gastão disse...

Eu era fã do Ronaldo quando ele jogava pelo meu Cruzeiro, pelo PSV e pelo Barcelona.

Quando tornou-se celebridade mundial passou a fazer e dizer besteiras, uma após a outra, virou um imbecil.

Hoje em dia estou pouco me f... para ele. O gol dele ontem não me causou a menor emoção.

Acho que o Marques, do Atlético (que tantas vezes me fez raiva), merece mil vezes mais um final de carreira digno.

Gastão disse...

Que coisa, Redatozim...

Logo depois de enviar este comentário fiquei sabendo da tal "declaração" do Ronaldo no programa do Faustão, dizendo que era magro porque "passava fome" no Cruzeiro, e da reação do presidente Zezé Perrella, em nota oficial do clube.

Fui ver no Youtube a tal declaração. Foi uma brincadeira do Ronaldo, uma evidente piada, dita entre risos. É um lado bom do Ronaldo, que realmente é um sujeito bem humorado e tem o chamado "tempo da piada", pensa rápido ao fazer graça (suas participações no Casseta e Planeta são muito boas).

Neste caso o imbecil foi o Perrella (grande novidade...) que, como diria Nelson Rodrigues, "é uma espécie de centauro. Um centauro que é metade cavalo e a outra metade também". Perrella, se fosse mais esperto, pegaria uma carona na brincadeira para aparecer um pouco também. Ao contrário disso, emitiu uma nota agressiva e grosseira.


Concluindo, Redatozim, as besteiras de Ronaldo a que me referi são outras, muito outras.

redatozim disse...

Gasta, eu respeito muito o Ronaldo como jogador, mas concordo que ele fez muita merda na vida. Agora, essa do Perrella foi de uma imbecilidade Kallilniana. Enfim, estamos bem de dirigentes em MG e de comentaristas e narradores de futebol em SP.

Gastão disse...

E todos ficaram admirados em como o Ronaldo conseguiu pular aquela placa de propaganda depois do gol, para poder comemorar com a torcida.

Admirados por quê? O Ronaldo tem larga experiência em pular cerca...

redatozim disse...

Eu não vou compactuar com estas agressões gratuitas ao Ronaldo, Gastão. A piadinha sobre o pulo da cerca é infeliz, já que todos sabem que lutadores de sumô, digo, jogadores de futebol são extremamente ágeis.