sexta-feira, março 20, 2009

Os mesmos velhos erros

Duvido que você conheça alguém que cometa mais erros do que eu. Sou uma fonte inesgotável de equívocos, confusões, trapalhadas, enfim, todo tipo de problema. E o que é melhor, isso não me incomoda.

Pode-se dizer que passo os dias buscando maneiras de cometer novos erros, de estragar as coisas de maneiras diferentes, de olhar o que sempre funcionou e nunca muda como algo problemático e que precisa ser visto de uma maneira equivocada para evoluir.

Erro sim e erro muito, mas não sou como aqueles que erram sempre no mesmo ponto, sempre do mesmo jeito, sempre com a mesma forma de agir. Não sou também como os que acertam sempre no seguro, no esperado, no simples.

Se me perguntassem, diria que a previsibilidade é a maior das mancadas, que a obediência cega é o maior dos equívocos e que a essa estupidez em forma de mesmice e repetição, prefiro meus erros gigantescos, estrondosos, devastadores. Erros de uma burrice ímpar, mas sempre novos. Nunca os mesmos.




Direto na têmpora: Punchline - Winzenried

12 comentários:

O mundo de Sabrina disse...

Assino em baixo! Que vida levam esses que não se arriscam? Que vivem dia após dia fazendo as mesmas coisas, só porque sabem que dará certo? A vida é feita de erros e acertos! Ótimo fds procê! Beijos!

redatozim disse...

Não se arriscam nem para acertar, Sabrina, insistem nos mesmos velhos erros, porque acertar requer mudar e pensar. Essa comodidade é mesmo triste. Bom fds, Sabrina.

pridourado disse...

Mau-querido,
Desabafar é bom porque o 'peso do erro' compartilhado se torna menor.
Mas garanto que segunda-feira (depois do finde bacana - tomara!!) você nem vai lembrar dos velhos erros. Até porque, nem vale a pena.

bjo

lá vem o alexandre, alexandre, alexandre disse...

sêo madruga: "mas professor lingüica, o senhor nunca errou?"

prof. girafales: "claro, sr. madruga, claro que sim. uma vez eu me enganei quando imaginei estar errado sobre determinado assunto."

é, redatozim. não foi dessa vez que você entrou pro programa do chaves.

talvez como quico haja uma chance, já que vc cansou de ser nhonho.

emmibi disse...

cometer erros é fundamental.
disfarça nossa perfeição, e afasta a inveja.
hahahahahaha

Amanda Gaspar disse...

a vida é feita de erros.
eu sou exemplo vivo de erros constantes.
mas eu num gosto de conviver com eles.
(queria ser como vc)

redatozim disse...

Pri, o desabafo foi mais pelos erros repetidos dos outros do que pelos novíssimos meus rsrsrs mas realmente, o fim de semana ajudou a melhorar tudo.

redatozim disse...

alexandre, a canseira passou, estou mais nhonho que nunca.

redatozim disse...

hehehe é isso mesmo, emmibi, nóis finge de égua pra viver rs

redatozim disse...

Saber que a gente erra e que isso faz parte é bom, Amanda, vai por mim.

Micho en el pais de las maravillas disse...

Eu também vou me aperfeiçoando...sempre erros novos!

redatozim disse...

É isso aí, micho, os acertos são consequência