quinta-feira, janeiro 15, 2009

Ataques

Ouvi hoje na Rádio Guarani: "Ataque de Israel acerta civis, hospital, prédio da ONU e até redações".

ATÉ redações? Nãããããããããoooooooooooo! Hospitais, tudo bem. ONU, vá lá. Civis, ok. Mas redações de redes de televisão e jornais?! Não, por Deus, não! É preciso dar um basta nessa guerra imediatamente. Quando a imprensa começa a sofrer é porque a coisa realmente saiu do controle.

(desculpem, mas esgotamos nosso estoque de sarcasmo, voltaremos em breve)




Direto na têmpora: Good Fortune - PJ Harvey

6 comentários:

Jonga Olivieri disse...

Talvez estejam se baseando naquela máxima de que "a pena (leia-se o teclado, of course) é a mais perigosa das armas".
Mas quem é que disse isso mesmo???
Don Oliva

ndms disse...

Como se observa, esta guerra não está matando só gente não, mas também o idioma
Isso não é mara!

redatozim disse...

A pena é mais poderosa que a espada, não lembro quem disse, Don.

redatozim disse...

Mata-se tudo por ali, ndms.

Tita disse...

Não..foi lasca mesmo...

redatozim disse...

perdemos a noção de prioridade, tita.