quarta-feira, dezembro 17, 2008

Planejando

Não vou falar aqui sobre o evento do Grupo de Planejamento em São Paulo, do qual participei graças ao esforço da Domínio Público e nem do Grupo de Estudo da Tom no qual fui palestrante para falar sobre o supracitado evento.

Na verdade, o pastelzinho não se presta a assuntos inteligentes assim.

O que eu vou dizer, é que algo está mudando no jeito de fazer comunicação como mudou com a chegada da tv a cabo, do computador e etc. Essa é a hora de ficar de olho e tem muita gente de olhos fechados.

Enfim, como diz a Sophia citando o Randolph do Monstros S.A.: "Tssss tssss tsss tssss Ouviu? São os ventos da mudança..."




Direto na têmpora: Nobody move, nobody get hurt - We Are Scientists

6 comentários:

Junior disse...

Imagina eu que trabalho com informática.

redatozim disse...

é diferente, Junior, bem diferente, mas eu entendo o que você diz.

ndms disse...

E seeguindo sua linha de raciocinio: alguem viveria hoje sem o celular ou sem Internet?. Acho que so aqueles que nao conhecem estas tecnologias nao sentem falta, contudo ficarao defasado no tempo e no espaço

redatozim disse...

Sim, ndms, mas no caso profissional, a adaptação é compulsória e tem prazo, por isso tanta gente dança.

Jonga Olivieri disse...

Imagina um "coroa" que nem eu, que peguei prnacheta, régua "T" e cola de sapateiro?
Mas a comunicação continua mudando. Porque a vida é dialética, a sociedade, idem.
Sempre gostei de tabelar com redatores mais jovens por isso. Costumo dizer que sou um "vampiro" e que "sugo" o sangue novo. Minha última dupla --na 'Propaganda Tática'-- a Carlinha, tem hoje 28 anos. Aprendi muito com ela. E, claro que lhe passei (modestiamente) um pouco da minha experiência.
É "tsss tsss tsss" mesmo!
Don Oliva

redatozim disse...

É isso mesmo, don Oliva, o importante é não deixar o tempo passar por nós.