quarta-feira, dezembro 17, 2008

Dividindo a humanidade

Estou lendo a biografia do Ovalle e gostei demais da Nova Gnomonia. Sendo assim, inspirado pelo místico homem do monóculo, faço aqui minha própria classificação dos seres humanos em categorias.

Importante notar que não há aqui nenhum julgamento moral, já que pessoas de qualquer grupo podem ser boas ou ruins, conforme usem suas características para o bem ou para o mal.

Facianos: os facianos usam suas emoções no rosto. Respondem aos acontecimentos de maneira quase imediata e irrefletida. Compensam esse pouco cuidado com a reflexão com um instinto apurado. Facianos se arrependem de seus atos sim, mas nunca serão capazes de fingir uma reação ou simular uma simpatia.


Morphentes: os morphentes têm como principal característica uma grande capacidade de sonhar e de inventar. Não vivem de devaneios e nem são afastados da realidade, mas têm sempre um novo projeto em planejamento, seja uma viagem, uma exposição, um livro ou um romance. Alguns são levados a cabo, outros não.


Stérnicos: a firmeza é a principal marca dos stérnicos. Suas convicções e decisões costumam ser bem pensadas, bem embasadas e irrevogáveis. Inflexíveis, os stérnicos costumam impressionar pela firmeza e causar desconforto pela teimosia.


Nimbudistas: etéreos, distraídos, desapegados, os nimbudistas costumam ter um círculo fluido de relacionamentos, amorosos ou não. Péssimos para compromissos de qualquer espécie, costumam compensar este item com uma altíssima capacidade de abstrair. Como colaboradores são excelentes, como coordenadores, um fracasso.


Cambianos: em cada grupo os cambianos são descritos de uma forma. Para os amigos, são alegres; para os pais, compenetrados; para os colegas de trabalho alguma outra coisa. Não é falsidade, de maneira alguma, mas é que os cambianos têm uma grande multiplicidade de personalidades que os permitem adaptar-se facilmente às situações. Podem, no entanto, causar confusão e dúvidas sobre sua pessoa entre aqueles que os conhecem melhor.


Percebam que, assim como nos signos, podemos se de um determinado grupo e ter referência em outro. Eu, por exemplo, sou um morphente com sólidas referências stérnicas. E tu?




Direto na têmpora: Gift Shop - The Tragically Hip

15 comentários:

emmibi disse...

eu acho que sou algo entre Morphente e Fasciana. vivo inventando história, e cheia de planos. e não consigo esconder minhas impressões.

Tita disse...

Viajei nisso não...

redatozim disse...

Pois é emmibi, eu não tenho nada de faciano, sou faaaaalsssoooooo. Agora, de cambiano já tem alguma coisinha aqui.

redatozim disse...

Acontece mesmo, tita, agora, sem te conhecer direito eu vou arriscar que você é faciana com algo de stérnica.

alexandre, ex-aluno do santantonho. disse...

ainda existem aqueles que não devem ser denominados, que foram estudar em determinado colégio localizado na contorno, na altura do santo agostinho.
porque são da pior espécie, esses.

redatozim disse...

Semideuses ainda não entram na classificação, alexandre, apenas pessoas comuns.

ndms disse...

Eu me julgo parecido a un FACIANO com algumas características STÉRNICAS. Redatozim estaria de acordo?

redatozim disse...

Acho que sim, ndms, faltando definir se mais stérnico ou mais faciano.

alexandre, ex-aluno do santantonho. disse...

thor, filho de odin e uma humana, é um semideus.

assim como hércules.

mas devem existir outros semideuses que não bombaram o prezinho.

redatozim disse...

alexandre, mas a pergunta que realmente importa é: Chuck Norris é um semideus, é um deus ou é O Deus?

alexandre, o fosso de cultura disse...

chuck norris é o homem mais poderoso do mundo.

deus é o eric clapton, segundo as pichações em londres na década de setenta.

Tita disse...

Nossa..hehehe...achei muito radicais.
Pasta, te falei de um blog meu...o meu primeiro? Criei ele em 2002..diga aí...É o: www.levandoavida.blogspot.com
Ele, na verdade, tá desativado, há um tempo...Mas, acho legal compartilhar ele com vc mesmo assim.

redatozim disse...

ah, os ingleses, alexandre

redatozim disse...

Passei por seu blog e os posts mais recentes são muito bonitos, mas muito tristes, tita. Quem sabe está na hora de voltar com alegria total e reativar a casa?

Tita disse...

Um dia....quem sabe...
:)