quinta-feira, dezembro 04, 2008

Ruim deveras

Não é fácil fazer algo verdadeiramente ruim. O medíocre sai fácil, o ruinzinho também, mas aquilo que é realmente péssimo, beirando o hediondo, esse requer o esforço de um gênio ou de várias bestas.

Em homenagem a este fato que nos assombra diariamente, um clipe que mostra como fazer o tragicamente horroroso não é tarefa para qualquer um.



Mário? Que Mário?




Direto na têmpora: Suck my Kiss – Red Hot Chili Peppers

11 comentários:

alexandre, supertrash not supertramp disse...

ah, pára. maria do relento?

muito me assusta você, redatozim.

tem coisa muito peor na internê.

procure por hélio dos passos e entenda o que eu tou falando.

faz esse vídeo merecer um oscar.

alexandre, the new contendant disse...

ou então o clipe de rivaldo saia desse lago.

redatozim, vc desaponta a mente doentia dos herdeiros de costanza assim.

and suddenly a new contendant.

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão... Não sei se o Alexandre já comentou neste post o que vou dizer agora.

Mas ruim, ruim MESMO é o Hélio dos Passos. Cê conhece? É só procurar por este nome no Youtube. Eu "indico" as músicas "Morena do Rio Turvo" e "Fica Comigo Agora".

Esse Maria do Relento até que é bonzinho. A música não é pior que Detonautas e CPM22, por exemplo. E a tosquice do clipe é uma piada.

Mas o Hélio dos Passos não, cara... É constrangedor (principalmente "Morena do Rio Turvo").

redatozim disse...

Entendo a sua revolta, alexandre, mas o que marca nesse vídeo é que eles escolheram figurino, tentaram fazer humor e ainda lascaram uns efeitos especiais. Ou seja, muito mais pretensioso que o Rivaldo e o Hélio. Ou seja, um grupo de pessoas contratadas precisou se unir para fazer algo verdadeiramente ruim, percebe?

redatozim disse...

Conheço o HP sim, Gasta, mas lá o erro é quase inocente, aqui é uma patética tentativa de humor. No entanto, para os dois casos vale a teoria: é preciso esforço para fazer algo verdadeiramente ruim.

Mari disse...

Incrível! Quem sabe faz ao vivo.

redatozim disse...

Ou em estúdio, Mari, quem é ruim é ruim em qualquer lugar.

Gastão disse...

Cara, eu não sei se aqui a tentativa era fazer um humor "bem feito". Acho que eles se esforçaram para ser o mais trash que eles conseguiriam, sabendo que o "engraçado" seria a tosqueira.

O Hélio dos Passos eu já fico na dúvida. Tem hora que parece que ele acha aquilo realmente legal, tem hora que eu acho que o espírito dele é o mesmo do Maria do Relento, o quanto pior, melhor.

Tem também uma paródia de Thriller (Michael Jackson), de um tal de Golimar, vale a pena olhar também.

redatozim disse...

Concordamos em discordar, Gasta? Porque pra mim a tentativa de humor do MR, mesmo que pela tosqueira, falhou completamente. Agora, o Golimar é um exemplo perfeito.

danny falabella disse...

PQP.

redatozim disse...

Muito PQP, danny.