segunda-feira, dezembro 15, 2008

Samba de Confins

Depois de 10 anos vivendo na Venezuela e de no máximo duas visitas por ano, meus pais estão de volta definitivamente ao Brasil.

Eu sei que é verdade, mas parece que ainda não entendi a realidade. Minha Sophia também parece que ainda acha que daqui a pouco eles vão embora de novo. É que ela já conheceu os avós assim, de visitas esporádicas.

Agora, o formato da nossa família mudou para melhor e eu passo a ter duas casas de novo.

Ainda não entendi de verdade a volta deles e ainda não deu pra matar a saudade, mas dentro de mim já começam os sinais de uma alegria que diz que algo muito bom aconteceu. Ou melhor, está acontecendo.

Sejam bem vindos de volta.




Direto na têmpora: Knight on the town - Kula Shaker

14 comentários:

Micho en el pais de las maravillas disse...

Eu sei como isso funciona! ter a familia tão longe é difícil.
Felicidades,aproveite muito seus pais.
beijo!

Tita disse...

Ahhhh...que coisa boa...

Rubens disse...

Vô e vó são pessoas de que criança nenhuma deveria ser privada do convívio. Com certeza essa volta fará bem a todos. Que sejam bem-vindos.

redatozim disse...

Obrigado, micho, agora teremos programas mais bacanas com a casa cheia.

redatozim disse...

bom demais, né, tita?

redatozim disse...

Pois é, rubéola, Sophia era meio manca de avós. Só tinha contato mesmo com os maternos. Agora vai.

Maria disse...

Olá...conheci seu blog através do Para Francisco da Cris e a partir de então, não consegui mais parar de lê-lo. Li todos os posts anteriores e ADOREI. Parabéns pelo blog e pela família linda.
Ah, agora quando for dedicar seus posts para aquela meia dúzia de pessoas, pode aumentar o número contando comigo!hihihihihi

redatozim disse...

Opa, Maria, que bom que você gosta. Pode ficar tranqüila que você vai entrar na minha lista de leitores assíduos. Acabo de subir de Top 10 para Ovean's Eleven ;-)

danny falabella disse...

que bacana! Sejam bem-vindos!

redatozim disse...

Já estão se sentindo em casa, Danny ;-)

alexandre amilar disse...

Maurilão, fico feliz por vc. É muito bom ter filhos, tão bom quanto ser filho e ter os pais por perto. E vc tem grandes pais. Felicidades, cara !

redatozim disse...

Valeu, Amilar, é bom demais mesmo ter os caras de volta depois de 10 anos. Abração.

ndms disse...

Agradeço a todos as mensagens de boas-vindas e nos estamos, como o redatozim, muitos felizes na reincorporaçao da familia que é o meu único e maravilhoso tesouro

redatozim disse...

Bem vindo de volta ao Brasil e ao Pastelzinho, ndms.