terça-feira, dezembro 16, 2008

O oco

Eu juro que consigo ouvir o oco dentro da minha cabeça. Parece que toda a inteligência foi sugada de dentro do meu crânio (tá certo, deve ter levado 3 ou 4 segundos) e que nada mais sai dali de dentro.

Nada de genial ou de minimamente interessante passa perto do meu cérebro e a previsão do tempo indica que vai continuar assim até 2009. Como eu sou um velho resmungão, não me deixo vencer por esta enorme lacuna de idéias e simplesmente reclamo de tudo. Ao invés de fazer algo que presta, opto por causar problemas questionando a tudo e a todos.

Então, siga meu conselho, quando você se perceber um enorme deserto de originalidade, resmungue, critique, seja (ainda mais) chato. Acredite, funciona. É aquela mesma teoria de que quanto menos se sabe, mais se escreve em uma prova.

Resumindo, não existe nada errado com os outros. Simplesmente e conscientemente, o chato sou eu. Seja um você também.




Direto na têmpora: Hate you - Reel Big Fish

11 comentários:

alexandre, seu criado disse...

e não se esqueça, linus, das malditas cordas de pular. principalmente as malditas cordas de pular.

redatozim disse...

Linus e cordas de pular, alexandre? Me perdi. É Charlie Brown?

danny falabella disse...

tô no time...eu sou uma péla saco de chata ainda mais nesta época do ano...mas seria melhor sermos chatos do bem???rsrrsrsrsrsr

redatozim disse...

eu sou chato de raiz, danny rs

Micho en el pais de las maravillas disse...

Ou então sermos chatos de raiz?
Eu aderi imediatamente!Reclamo e reclamo, critico a todo mundo.
Funciona! funciona mesmo pelo menos as pessoas ficam com receio de encher o saco.

redatozim disse...

hahahahaha tinha acabado de falar de raiz, micho

alexandre, seu criado disse...

isso mesmo, minduim.

Tita disse...

É o autêntico "rabugento"...rs...

redatozim disse...

Um rabugento instrumental, podemos dizer, tita.

ndms disse...

existem pessoas que sao chatas de nascimento, é a sua natureza. Outros, como os normais, sao chatos de vez em quando, que nada mais que uma defesa do carater

redatozim disse...

outros, como eu, são chatos por prazer, ndms