terça-feira, dezembro 23, 2008

Stop!

O trânsito vai diminuindo, a gente vai relaxando, o trabalho reduz, a gente quer mesmo é descansar. É parar um pouco e lembrar que tem mais um ano pela frente, pra brigar de novo, amar de novo, correr atrás (ou na frente).

Tô cansado, mas o ano está no fim. E a gente vai reduzindo o ritmo, pegando leve, sem deixar o pastelzinho queimar.




Direto na têmpora: God bless and goodbye - Morcheeba

20 comentários:

zega disse...

e desce mais uma tindóida!

Micho en el pais de las maravillas disse...

quem dera! tem cliente que não acredita em planejamento nem em Papai Noel.

Flor que Fala disse...

Ham... principalmente quando estão chegando as férias!!!!
Amanhã é o último dia... então da praça sete direto para o Mercado Central e depois pra terrinha... já to ganhando um dos presentes daí de baixo!
Enfim... eu vou fazer uma dieta por esses dias, mas pode ter certeza que logo logo eu retomo a dieta normal, composta de doses diárias desse pastel bom....
Prazer imenso ter encontrado esse estabelecimento tão rico...
Rico de humor, verdade, valores, sabedoria, poesia, cotidiano...
Parabéns pela família linda e obrigada pela merenda!!!!
Bjos e tudo de muito bom nesse Natal e no Ano Novo que tá chegando!
Bjos
Marianne

danny falabella disse...

isso ai..mas qto ao transito diminuindo só depois do natal caos...aí sim alivia.

abraços

Anônimo disse...

Maurilo gostei muito de conhecer
seu conto infantil na revista Escola.
Gostei muito de conhecer seu blog.
Que o 2009 traga tudibom e um pouco mais.Segue por e-mail o conto infantil que publiquei
num jornal daqui.
A inspiração veio da minha lesma de estimação. Desejo que vc goste.
Tô saindo pra viajar e volto no
sábado.
Deixo muitos votos de saúde e paz pra vc e sua família.MAFABAMI

Jonga Olivieri disse...

É o "espírito natalino". Quando baixa... sai da reta!
Eu tive um dupla que no final de novembro dizia: "...já baixou o espírito de Natal". E era duro fazer alguma coisa com ele. O cara só pensava em sair, beber, contar piada. Os jobs se acumulavam... era um sufoco.
Mas o pior (ou o melhor) é que ele estava certo. Certíssimo.

Anônimo disse...

Nao deixaremos o pastelzinho queimar, nunca

ndms disse...

Estou certo que o ano seguira igual: 365 dias, feriados, muito trabalho, etc, etc.... No entanto, para que ele seja melhor so vai depender de cada um de nos

Helena disse...

Feliz 2009 pra vc e sua família, Maurilão!

redatozim disse...

Faltou tindóida por aqui, zega.

redatozim disse...

poxa, micho, esse povo só acredita no fantasma da crise econômica. Malditos infiéis.

redatozim disse...

Marianne Flor que Fala, aproveite bem esse desanco e depois volte com gula, que é bom demais também ;-)

redatozim disse...

verdade, danny, agora sim, está light.

redatozim disse...

Muito legal o conto, Fatima. Feliz 2009 e que continuemos essa amizade virtual (mas real) sempre.

redatozim disse...

Meu caro Don Oliva, não posso negar que eu andei assim esse ano. Certo ou errado, foi o que deu pra fazer rs

redatozim disse...

Valeu, anônimo, segura a temperatura do óleo!

redatozim disse...

Nenhum ano é igual, ndms, a caixa pode ser a mesma, mas o conteúdo é sempre diferente.

redatozim disse...

Valeu, Heleninha, pra vc e sua família também!

tita disse...

um ano novo bem bonzão pra tu!

redatozim disse...

pra vc também, tita