sexta-feira, outubro 24, 2008

Para o post 900: as 3 piores empresas

1) Vivo / Tim (empate técnico)

É difícil decidir entre a empresa cujos atendentes do telemarketing parecem ter saído de uma lobotomia e a empresa que te roubou sorrateiramente durante pelo menos um mês.

Enquanto o atendimento telefônico da Vivo já me proporcionou momentos maravilhosos como o atendente dizendo "então muda de operadora" ou uma outra que ficou falando mal de mim (e eu ouvi porque ela esqueceu de dar o mute), a Tim "adicionou" ligações minhas para a Fernanda, de um ou dois centavos, durante um mês em que meu celular esteve simplesmente desligado.

Difícil escolher, o primeiro lugar fica com as duas.



2) Banco do Brasil

Ok, o atendimento telefônico é ruim, mas o pessoal é bem pior. A burocracia está presente nas mínimas ações, as filas são enormes e a falta de interesse pelo seu problema é marcante. Uma vez por mês eu fico irritado, incomodado e intratável por causa deles.

O Banco do Brasil é a minha menstruação.



3) Macal

A concorrente mais nova, com potencial para chegar ao primeiro lugar. Atrasaram o piso, atrasaram a entrega do acabamento, prejudicaram os instaladores terceirizados, mentiram deslavadamente e o vendedor falava mal do gerente pelas costas. Uma verdadeira zona, onde não se pode confiar em ninguém e onde o ferro vai sempre pro seu lado.



Menção honrosa: Retes

No natal do ano passado, atrasaram o prazo de entrega das fotos em 3 horas e não avisaram, sumiram a foto que minha filha tirou com Papai Noel e ainda disseram na loja que não tinham SAC. Tinham, conforme descobri na internet, e foi usado para desancar os incompetentes.




Direto na têmpora: Everybody's drunk - Reel Big Fish

16 comentários:

ndms disse...

Venha viver aqui na Venezuela e você vai ver como é a prestação de serviço ( qualquer que seja êle )

redatozim disse...

hahahahaha agradeço o convite, ndms

Musicolópolis disse...

Maurilaço,
to precisando falar contigo, tratar de negocios, algum email ou msn para baretear o intercâmbio é Campinas \ BH?

Quem vos escreve é Bruno, que trabalhou com a galera da Nube.

Abraço

redatozim disse...

Bruno, vai aí: mauriloandreas@gmail.com

alexandre, o consumidor disse...

rapaz, ainda tem os serviços online terríveis. eu colocaria a fnac.com.br no primeiro lugar, mas aí é outra estória.

eu voto pelo primeiro lugar: tim, uma preferência nacional. mesmo.

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão. Não me esqueço de que, quando você pediu para falar com a gerente da Retes, o atendente disse que ela tava "meigarrada".

redatozim disse...

alexandre, o clientinho, sabe que nunca comprei online da fnac? Da Saraiva eu gosto, mas enfim.

redatozim disse...

ah, sim, gastão, detalhes inesquecíveis que eu tento esquecer.

Bruna Dutra disse...

Já que é para protestar, deixo aqui meu protesto:

INFO2- no natal passado minha mãe que havia comprado 3 computadores, de ultima geraçãop tela plana e tudo mais, e pago a vista, só recebeu os computadores em fevereiro deste ano, ah e detalhe, sendo que 2 deles, já foi para o ´técnico 7 veses, e um deles foi 14 vezes até que eles reconheceram só em junho que apenas 1 deles realamente estava com defeito...brincadeira hein!

redatozim disse...

Vou te falar, Bruna, dá até pra entrar na disputa mesmo.

Carlos Emerson Jr. disse...

O atendimento da Vivo nas lojas melhorou bastante. Mas o telemarketing é de matar mesmo...
Aliás, a Claro não fica muito atrás.
O pior do BB é nas agências. Eles sempre acham que você não faz mais do que sua obrigação ter uma conta por lá. Ou precisar pagar alguma coisa. Ou apenas, entrar.
Uma coisa horrorosa.
Um abração e boa semana.

redatozim disse...

Cejunior, não tô conseguindo acessar seu blog. Passa o endereço novo. No mais, a portabilidade que nos salve.

Tita disse...

Tsc, tsc....

redatozim disse...

tsc tsc múltiplos, tita.

Fê disse...

Que injustiça!!!!!!
Vc se esqueceu da melhor de todas....
A Varig e suas milhas
hehehe....esta vc esqueceu rápido!

redatozim disse...

Nossa, Fê, verdade mesmo. A Varig tinha que estar pelo menos brigando pelo segundo lugar. Um lapso.