quarta-feira, outubro 08, 2008

O foda-se é seu

Quando eu era menino, usávamos em Ipatinga uma frase capaz de mostrar total desdém pelo outro: "o foda-se é seu".

Exemplo: após roubar sorvetes do caminhão da Kibon que estacionava ao lado do bar, na hora de dividir o saque, alguém reclamava "porra, o fulaninho pegou dois double cup, um chicabon e eu fiquei só com picolé de coco". No que o Fulaninho respondia prontamente "o foda-se é seu".

Trabalhei com um cara que era um ótimo exemplo dessa postura. Por ser calorento pra caramba, ele sempre mantinha uma janela próxima a si escancarada, para desespero dos coleguinhas que penavam com o frio e o vento direcionado a eles.

Logo surgiam os protestos:

"Fecha a janela aí, velho."

"Nem fodendo, se eu fechar eu morro de calor."

"Tá bom, pô, mas então fecha essa e abre a do lado, que fica na sua direção e não essa que venta na minha mesa."

"Aí não, ué, se eu fizer isso o vento fica em mim, pô."

Tradução:

"Eu fiquei só com picolé de coco."

"O foda-se é seu."




Direto na têmpora: Die, Die My Darling – The Misfits

17 comentários:

ndms disse...

Agora fico imaginando: a polícia chegando na minha casa, trazendo a tira-colo o ladrãozinho de sorvete e me perguntando. " Senhor Nilo, este menino é seu filho?" Eu, olhando para o primogênito e, ao mesmo tempo, respondendo ao cabo da polícia:" O FODA-SE É SEU

Adriana disse...

Meu sobrinho mais velho (e afilhado), tinha por ídolo um primo uns 6 anos mais velho que ele. Via, extasiado, esse menino falar os palavrões mais cabulosos do mundo. Até que, por volta dos 7 anos de idade, se sentiu confiante o suficiente para tentar, ele próprio, os seus. Suas melhores construções: "mãe, estou muito foda-se" e "é um pouco fodida" em resposta à singela pergunta: "e aí, filho, a fazenda do coleguinha é legal".

redatozim disse...

hahahahahaahahahaha que é isso, ndms, o caso é fictício (ou quase).

redatozim disse...

Esse seu sobrinho é muito foda-se, adriana.

danny falabella disse...

amei o foda-se é seu, amei a hipotética resposta de seu pai a policia e a do sobrinho da dri é famosa. Mas este sujeito do vento, se tivesse do meu lado exatamente agora, teria seu figado arrancado a unha...que ódio!

Charlene disse...

nossa , aqui no rio ja usamos o "foda-se é seu" de outra forma... ou posso até ter entendido mal.. mas aqui seria como um " se fudeu"...

redatozim disse...

Danny, imagina isso no inverno de Nova Lima uuuuurggaaaa.

redatozim disse...

Charlene, mas é por aí mesmo, tipo: "você que se foda".

Micho en el pais de las maravillas disse...

Ah sei...ultimamente todos os foda-se têm sido meus!

Jonga Olivieri disse...

Que sujeito mais "fresco", sô!
Don Oliva

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão... Eu uso essa expressão desde menino também. Normalmente mais abreviada, tipo "fôda-se seu", o que acaba virando "fôdassêu" (a reforma ortográfica bem que poderia prever que certas palavras podem ter dois acentos, especialmente as corruptelas).

E quando trabalhei numa empresa de ônibus, conheci uma variante. Exemplo:

(Jão) -Tô indo almoçar.
(Zé) -Peraí, que tem mais um malote para você preparar.
(Jão) -Fôda-se.
(Zé) -É o seu!

Ou seja: uma total falta de sentido, principalmente porque o "fôda-se", no caso, era do Zé.

Acho que, nesse caso, o xingamento era um grau a menos do que o "então vai pra PQP".

redatozim disse...

Tem dessas fases mesmo, micho.

redatozim disse...

Ele é gente boa, Oliva. Mas fresco.

redatozim disse...

O engraçado, gasta é como foda-se virou uma palavra no Brasil. Imagine em inglês algum pivete dizendo: "the fuckyou is yours". Sei lá, tem coisas que só ficam bem em português.

Fernanda disse...

KKKKKKKKKKK!
Esta foi ótima!

É Nilão,
É por isto que te adoro!

redatozim disse...

Êita nora puxa-saco essa Fernanda.

ndms disse...

A recíproca é verdadeira Fê

Um abração para vocês