segunda-feira, setembro 18, 2006

Urbana Legio e o Fi

A Fernanda nunca gostou de Legião Urbana. Eu gostava muito, mas entendo o ponto de vista dela e vou dar aqui 3 motivos:
1) Legião tinha uma fan base bastante xiita, um negócio meio chato, beirando o raulzitismo.
2) Renato Russo, quando queria, era um cara bastante ególatra, afetado e histriônico.
3) Essa banda tocava muito nas rádios, em festas, enfim, em tudo quanto é lugar, e se você não fosse bem fã, realmente dava pra ficar de saco cheio.
Mas pra mim era foda não curtir os caras. Imagina você com 14 anos, começando a sentir aquelas paixões impossíveis, eternas, irremediavelmente doídas e vem um cara e diz "se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar que tudo era pra sempre, sem saber que o pra sempre sempre acaba". É em cima demais.
Aí você com 15 anos, a cabeça a mil, o cara manda "me fiz em mil pedaços pra você juntar e queria sempre achar explicação pro que eu sentia." Depois vem fita pirata com show em Brasília, vira relíquia e a gente ouve exatamente o que a gente sentia com 16 anos "feche a porta do seu quarto, porque se toca o telefone pode ser alguém com quem você quer falar por horas e horas e horas".
O "Que país é este" eu ouvi pela primeira vez na casa do Zuri e "As Quatro Estações" eu e Diogo escutávamos direto no apartamento do Santo Antônio. Aí eles lancaram um quinto disco que era uma bosta, o Renato Russo foi ficando cada vez mais chato (ou talvez tenha sido eu) e fui perdendo o contato e o interesse pelo conjunto.
Só que agora, com o 21 de setembro* chegando e com o Seu Watson tendo deixado a gente assim, tão sem mais nem menos, eu me lembro de você, Fí, que me deu de presente de 15 anos a bolacha do "Dois", ainda lá em Ipatinga. E aí eu te falo que, no seu aniversário, minha vontade era pegar o telefone e falar com você por horas e horas e horas. Saúde, irmão.


* 21 de setembro também é aniversário da minha sobrinha Lu, da Daphine, da Claudia Gies, do Erich e do Edu.




Direto na têmpora: Feel the pain - Dinosaur Jr.

4 comentários:

Claudia Gis disse...

Só gente boa que faz aniversário dia 21 de setembro neh.

redatozim disse...

verdade

Marconi disse...

Fí, a minha relação com a Legião foi parecida com a sua, fora que perdi o interesse uma “bolacha” antes. Agora, quanto a nossa amizade e o quanto o tenho, que posso dizer senão que são a exceção da regra em relação às palavras “daquele” cara lá, nos nossos idos 14 anos?
Obrigado!

redatozim disse...

De nada, meu velho. Irmãos são para isso.