sexta-feira, setembro 15, 2006

Toto

Na Promídia tinha uma outra figuraça que era o Toto, o office-boy da agência. Sorrisão largo, sempre simpático, uma cara muito bacana e muito simples também. Dentre as várias construtoras atendidas pela agência havia uma chamada Soinco e um dia pediram ao Toto que entregasse um material lá. Passados alguns minutos, liga para a agência a secretária da Soinco morrendo de rir. É que o Toto havia chegado na recepção e, na maior inocência, disse que tinha uma encomenda pro Senhor Inco.
Pouco tempo depois, o mesmo Toto vai ao Estado de Minas e procura o Sr. José Nóbio para entregar uns documentos. Para quem não sabe, Edson ZENÓBIO é um dos figurões do jornal. Mas essa confusão já é mais comum e pra quem se chama Maurilo, nenhuma troca de nome surpreende.




Direto na têmpora: Crosswalk - Rasputina

Um comentário:

Oliva disse...

Bem lembrado, Maurilo.
Taí uma coisa que era engraçada pra cacete. Eu ri sozinho quando li e me lembrei da cena.