quinta-feira, agosto 31, 2006

Revisores, revisores (ou viva a Consu!)

Tenho uma amiga que, trabalhando como redatora, atendia a conta de uma prefeitura. A memória insiste em me dizer que era Itaúna, mas eu já não confio nela (a memória, não Itaúna) há um bom tempo. O fato é que houve uma campanha dizendo que aquela era uma cidade 100%. 100% das casas com luz elétrica, 100% das crianças na escola, 100% das ruas com asfalto, etc, etc.
Minha amiga, que além de redatora era revisora (um lance que quase nunca dá certo, diga-se de passagem) debruçou-se sobre o material e liberou tudo a tempo. Todos felizes até que, alguns dias depois, liga o prefeito com o material impresso na mão. "Tudo bom, gente? Olha só, eu recebi o material e tem um negócio aqui que eu tô achando estranho. É 100% das casas com água de esgoto mesmo?".
Passado o desespero, a agência reimprimiu todo o material com o texto correto que seria, obviamente, "100% das casas com água E esgoto". Minha amiga ficou mortificada, coitada, e é por isso que eu agradeço à Gó, à Teo e hoje à Consu, que sempre ajudaram a evitar que minha completa ignorância no português seja descoberta pelo público em geral.




Direto na têmpora: O tempo dos assassinos - Último Número

2 comentários:

Consuelo disse...

Muito obrigada, Mau. Fico feliz em saber que tem gente que valoriza o árduo e minucioso trabalho das Revisoras.
Apesar de não precisar tanto assim, saiba que pode contar comigo sempre.

Beijos,
Consuelo

redatozim disse...

Preciso demais, Consu e vou contar sempre. Beijo