terça-feira, outubro 09, 2007

Contos de fodas

O reizinho era cheio de vontades. Pedia uma coisa de manhã, à tarde mudava de idéia, de noite já pensava outra coisa. E ai de quem não atendesse seus pedidos. Levava bronquinha e ficava sem jantar. O reizinho era terrível. Outro problema era que o reizinho tinha alergia à palavra não. Se alguém o contrariava, ficava vermelho e já começava a reclamar, a esbravejar. O reizinho adorava mostrar quem manda.

Mas o pior é que em volta do reizinho tinha um monte de bobinhos da corte que adoravam tudo o que ele fazia. Não só acatavam todos os caprichos, mas também repetiam o exemplo com os outros membros da corte, exigindo tudo para agora, fazendo birrinhas, batendo o pé e mudando de idéia a toda hora sem motivo nenhum que não fosse o próprio umbiguinho.

Tudo ficção, claro, tudo conto de fadas, mas agora eu pergunto: alguém aí também já andou prestando serviços pra esse reino?




Direto na têmpora: Adição Subtração – Trio Soneca

4 comentários:

Maria Luiza Pedrosa disse...

Presente!
Conheci a esposa do rei, a rainhazinha que combinava muito bem os vestidos para o baile e sapateava como ninguém quando não sabia o que fazer. Um belo dia ela me disse que se eu não trabalhasse todo sábado para ela, eu seria colocada no calabouço junto aos crocodilos. Nessa hora devolvi meu nariz de palhaço pra ela e fui morar em outro reino...

Redatozim disse...

Ah, sim, é o famoso reino da semana de 6 dias úteis. Muito famoso na publicidade também.

Maria Luiza Pedrosa disse...

É isso mesmo, 6 dias úteis, dúzia de 13, contrato de 2horas/semanais pra pagar menos imposto... mais ou menos essa linha de raciocínio...

Redatozim disse...

Eita!