terça-feira, julho 28, 2009

Pequeno Tratado sobre o Preconceito

10 tipos de pessoa que eu odeio completamente sem ao menos conhecer:

1) Gente que tem adesivo "Sou Chicleteiro" no carro.

2) Mulheres que usam bota branca de cano alto (via Dri Machado).

3) Donos de carro com pintura fosca (adesivo, plotter, sei lá que porra é aquela).

4) Qualquer um que diga Harebaba mais de uma vez por dia.

5) Fãs radicais de Caetano Veloso, Los Hermanos e Raul Seixas.

6) Pessoas com mais de 13 anos que digam "doidimais, véi".

7) Manifestantes que ocupam a Praça Sete / Praça da Liberdade, independente da causa.

8) Indivíduos que pronunciam o número 12 como "douze".

9) Criaturas que fazem aspas com os dedinhos.

10) "Amigões" que cospem ao falar e cumprimentam com tapões na linha de cintura.




Direto na têmpora: Black burning heart - Keane

32 comentários:

Renata disse...

Vixe... concordo com todos.
Acrescento na lista:

1-pessoas que medem a "qualidade da festa" pela quantidade de cerveja. Ex: a festa do fulano vai ser boa, já compraram 10 caixas de cerveja.(ODEIO).

2- Gente que gesticula com o cigarro na mão ou consegue equilibrar o danado na boca e conversar ao mesmo tempo. (CREDO)

E... odeio um monte de gente sem conhecer.

Mateus Coelho disse...

Como assim, você esqueceu de pessoas que gastam em um som que vale três vezes o valor do carro e tocam música clássica pelas ruas!

redatozim disse...

O ódio pode ser uma coisa boa, Renata, evita que a gente conheça pessoas que muito provavelmente vamos acabar matando.

redatozim disse...

A pintura fosca e o som no toco ficaram empatados, Mateus. A decisão foi realmente difícil, mas achei que o som já era muito repertoriado (não que por isso seja menos odioso).

Micho en el pais de las maravillas disse...

Gente! como eu sou preconceituosa!
Muito!...odeio gente fresca, gente folgada e gente que tem preguiça antes de começar a fazer as coisas.

redatozim disse...

E o pior é que é tanta raiva que eu pego que a pessoa nem tem chance de mostrar que ela não é apenas uma chicleteira qualquer.

Mateus Gouvea disse...

Na minha lista entrariam mais um tipo:

Pessoas que falam "Vou ni loja" e "pra mim fazer"

redatozim disse...

Então leia o post em que eu conto como cantava "só ni ver a ilha", Mateus e passe a me odiar instantaneamente: http://pastelzinho.blogspot.com/2006/09/surdo-e-burro.html

Mateus Gouvea disse...

Hahahahaha!!! Essa foi foda mesmo! Pior agora é que eu sou vou ouvir essa música assim...

redatozim disse...

é triste ser surdo e burro, Mateus, pode acreditar rsrs

adriana disse...

Concordei com todos. Inclusive com o dos comentários.

redatozim disse...

é um mundo cão, adriana, e bota cão nisso.

alexandre, impossível disse...

redatozim, o único que eu disconcordo é o sêo sílvio, o homem do baú.

porque o dôuze dele é marca registrada.

não dá.

só ele pode falar dôuze sem ser criticado.

ah, existem as criaturas que usam "totalmente" para findar frases. dói.

redatozim disse...

ok, o silvião tem um habeas corpus pra usar o "douze", alexandre.

Jonga Olivieri disse...

E porque vocês não teem aí nas montanhas, mas tem aquele que segunda pela manhã --após um belo fim de semana de praia--,lhe tapa na porra das costas, bem na altura do ombro...
Don Oliva

redatozim disse...

É o mesmo cara, Don Oliva, só que um dá nos rins e outro nas costas queimadas, mas o grau de escrotidão é o mesmo.

ndms disse...

Este último ítem é o forte da minha lista ( primeiro lugar )

André disse...

Maurilão, e o que dizer de algumas criaturas que aparecem na TV e logo mandam o insuportável "Um beijo no seu coração!!!"
E já que o assunto é preconceito, pode anotar: 99,9% dos que falam isso são pagodeiros, chicleteiros, ex-BBB´s e afins.

redatozim disse...

Perdigotos na cara são sempre um saco, ndms.

redatozim disse...

O beijo no coração é osso mesmo, André. Ah, você colocou um ponto importante, existem pessoas que trafegam por várias das categorias simultaneamente e com enorme desenvoltura.

danny falabella disse...

concordo concordo concordo...e acrescento uma:
EU ODEIO KOMBI.

redatozim disse...

hahahaha tadinhos dos pães de forma, danny.

danny falabella disse...

a propósito, um beijo no pâncreas de todos vocês ;)

Raphael R Barbosa disse...

Qualquer um que diga Harebaba mais de uma vez por dia?

Mais de uma vez?

Sua tolerância é muito maior que a minha! No "hare" já odiei a pessoa e a família inteira.

redatozim disse...

no pâncreas pode, danny

redatozim disse...

Eu sou assim, Raphael, um coração bom e tolerante.

Bia disse...

Adorei!
A do Harebaba é demais.....ahahahha

redatozim disse...

aposto que você conhece gente assim e tem muita vontade de agredir, Bia. Pode falar a verdade.

adriana disse...

Eu cheguei à conclusão que preconceito é como superstição, pega. A cada nova implicância listada, descubro um novo preconceito meu.

redatozim disse...

Tanto preconceito importante pra gente pegar e o povo com preconceito de raça, de sexo, de religião, né, adriana?

Renata disse...

Socorro!
Você acabou comigo! Sou preconceituosa!!!!!!!!!!!!!!! Logo eu que sempre falo que não tenho preconceito nenhum hahahahha
Eu ainda adicionaria algumas coisinhas nessa sua lista, que terror!

redatozim disse...

Viu, Renata, quando a gente acha que ficou melhorzinho um pouco, logo descobre que está cheio de preconceitos novos rsrsrsrs