sexta-feira, outubro 23, 2009

Alfabetizado

Acabo de ler No Coração das Trevas, do Joseph Conrad. Um senhor livro que, confesso minha ignorância, eu comecei a ler sem fazer a mínima idéia de que era a inspiração para Apocalypse Now.

É um livro bem escrito e que, apesar de ser claramente a base do filme (como eu descobri durante a leitura), é ainda sim completamente diferente. Uma bela obra.

Imediatamente antes dele, li O Aleph, do Borges. O presente de aniversário da Micho foi o terceiro livro do argentino que li, e mostra que o cara é consistente pra cacete. Além disso, o conto "O Aleph", que fecha o livro, beira a perfeição.

O Retrato de Dorian Grey é outro puta livro. Já conhecia a história, já sabia do final, mas ainda assim é sempre bom ler nas palavras de Wilde e conhecer a obra original (quer dizer, original não, traduzida para o português pelo João do Rio).

Para finalizar, outro presente de aniversário, este do Gastão, foi o Contos Fabulosos, do Millôr. A melhor definição, e que deveria um dia ser adotada pelo Aurélio é que é um livro absolutamente "milloresco".

E assim vamos, lendo um cadiquinho aqui e outr ali pra ver se desemburrece um pouco.




Direto na têmpora: Come On Everybody - US3

8 comentários:

Micho en el pais de las maravillas disse...

Fico feliz que gostou, eu também me encantei com o livro, vou seguir algumas recomendações de leitura.
Micho

redatozim disse...

Siga sim, micho, tem muitos que valem a pena.

alexandre, criando cizânia disse...

né por nada, não, mas eu acabei de ler "MSP 50 - Maurício de Sousa por 50 artistas".

sensacional.

recomendabilíssimo.

começa com laerte, o rei. precisa escrever mais?

redatozim disse...

Cazzo, essa é uma puta dica, alexandre. Vou correr atrás. Valeu.

Andre disse...

É, parece que depois que a gente cresce a gente consegue apreciar melhor os clássicos... Acho que devia ser leitura obrigatória depois da faculdade e não no segundo grau... Hehehe!

Acabei de ler "O Velho e o Mar" semana passada. Primeiro livro do Hemingway que eu li, e, confesso, achei duca.

Bom adicionar mais uns títulos na minha lista de "to read"!

redatozim disse...

O Velho e o Mar é maravilhoso, Andre. Se quiser continuar no velho Hemingway, sugiro Paris é uma festa, que eu achei muito bacana também. E tem Por Quem os Sinos Dobram, que é bem legal. Coisa boa pra ler não falta nesse mundo.

ndms disse...

Ainda mais agora que tem editoras apresentando livros com preços bem em conta, como são os casos da Objetiva, Suma de letras, Bertrand Brasil e etc..

redatozim disse...

As edições de bolso também andam bastante boas e baratas, ndms.