quarta-feira, outubro 07, 2009

Para a minha Sophia, que adora o vento nos cabelos e no rosto

Opa, chegou o vento, Sophia
Deixa esse vento entrar

Deixa brincar nos cabelos, menina
Deixa ele te ventar


O vento é nosso amigo, Sophia
E quanto te vê, sorri

E se ocê sorrir pro vento, menina
Ele nunca mais sai daqui


Se o vento não existisse, Sophia
Pra nos seus cabelos soprar

Eu ia falar com Deus, ó menina
Pra Ele o vento inventar




Direto na têmpora: It could be sweet - Portishead

10 comentários:

Gabi Alvarenga disse...

Meu olho encheu d'água Maurilo...
Hahahaha!

ps.: adorei o "play moment"

Micho en el pais de las maravillas disse...

Que lindo!
Sophia é uma menina de sorte.

redatozim disse...

Que bom que você gostou, Gabi. E Portishead tem seu lugar também, né não?

redatozim disse...

Sorte tenho eu de ser pai dela e marido da Fê, Micho. Els saem no prejuízo.

Danuza Falabella disse...

pra variar, doce e lindo. Como Sophia.

redatozim disse...

Obrigado, danny. valeu.

Fê disse...

Lindo!
Realmente não há nada mais gostoso do que o vento nos cachinhos sedosos dela...
bjs,

redatozim disse...

e ela adora, né, Fê

Jonga Olivieri disse...

O amor é lindo!
Don Oliva

redatozim disse...

é lindinho mesmo, Don Oliva.