segunda-feira, junho 22, 2009

Créditos e débitos

Eu já rodei pra caramba no mercado publicitário mineiro. Só pra vocês terem idéia, fiz estágio nas falecidas Máximo e SMPB e, depois de formado, passei por Promídia, ABC, Linx, Alcântara, Aliás, Solution, Bros, Lápis Raro, Tom, Domínio Público e 18.

Algumas delas eu adorei, outras detestei. Em cada uma delas fiz amigos e cresci um pouco, mas o que me marca mesmo é a sensação que eu tenho de reciprocidade com estas agências.

Tem um certo grupo de agências em que tenho a certeza de que cada um (eu e eles)teve o que esperava: ninguém deve nada a ninguém, foi bom e pronto.

Em outras, fico com a sensação clara de que saí no prejuízo. Recebi pouco, trabalhei muito, me esforcei mais e produzi melhor do que eles mereciam, etc.

Agora, as agências que realmente fazem a diferença para mim são aquelas com as quais eu me sinto em débito. Agências que acreditaram em mim, investiram em mim, me deram condições para fazer o melhor e eu não retribuí à altura por um motivo ou outro.

Às vezes foi porque não estava em um bom momento pessoal, outras porque saí da empresa quando meu ciclo ali não tinha realmente terminado. Na maioria das vezes foi falta de capacidade mesmo.

Para estas agências, cujos nomes não posso citar, fica aqui o meu pedido de desculpas e a esperança de que um dia eu volte e possa oferecer mais, muito mais, como vocês merecem.




Direto na têmpora: People say - Portugal The Man

8 comentários:

adriana disse...

Euzinha aqui fico só torcendo para estar no grupo das agências que moram no seu coração. Porque você certamente anda de chinelo no meu.

redatozim disse...

ah, dri, vcs são uma das agências com as quais eu tenho débito... provavelmente impagável.

Mateus Gouvea disse...

Cara, eu tô numa crise existencial-profissional-futura tremenda e esse seu post me deu uma aliviada... Abraço!

redatozim disse...

Uai, Mateus, bom saber que acabei ajudando.

ndms disse...

A gratidão é um belo sentimento!

redatozim disse...

verdade, ndms

Jonga Olivieri disse...

Olha, Redatozim, outro dia eu estava a contar e nas duas carteiras de trabalho trabalhei em cerca de 30 (trinta) agéncias.
Fora as para as quais fiz e ainda faço frilas.
Aprendi em todas elas. Nem que fosse como não se deva trabalhar e como teem patrões "chatos". Como a Solution por exemplo...
Don Oliva

redatozim disse...

Realmente, Don Oliva, tudo é experiência. Eu só queria lembrar que quem citou a Solution negativamente foi você, hein? Eu não.