quarta-feira, agosto 22, 2007

Tudo é Jazz ou ajuda eu, moço

Em setembro teremos o Tudo é Jazz em Ouro Preto. Esse ano tem Joshua Redman, Madeleine Peyroux, Oscar Castro Neves e outros fodões do ramo. Pois bem, inicio oficialmente a partir de agora a campanha de doações para a minha presença no evento.

Quem tiver ingressos para qualquer dos três dias (ou preferencialmente para os três), por favor, lembre-se do pobre amiguinho aqui que ainda tem os ingressos da mulher para pagar.

Conto com a colaboração e com a caridade de todos vocês, almas benevolentes. Não me deixem só!




Direto na têmpora: Above ground - Norah Jones

8 comentários:

Jonga Olivieri disse...

Um evento im-per-dí-vel. Vale a pena qualquer esforço para ir. Principalmente que está tão perto.

Redatozim disse...

Pois é, Don Oliva, dependo da caridade de estranhos para ir aos três dias. Caso contrário, terei que escolher e perder grandes shows. Damn it!

Rubens disse...

Serve uma cortesia pra assistir o Latino no Bailão Sertanejo?

Redatozim disse...

Ué, se eu puder vender e transformar em grana pra ir no Tudo é Jazz, tá valendo.

roger disse...

qto q tah, monstro?
vamos?
eh muito bom esse programa. eh caro mas vale a pena!

Redatozim disse...

De cor eu não sei, monster. Na quinta eu vou de qualquer jeito, mas o resto vai depender de grana. Agora, perder o evento não rola mesmo. Você tem a gerdau aí, patrocinadora do lance, fica bem mais fácil arrumar.

Gláucio disse...

O Hélio Castro Neves vai pra correr no circuito oval de Ouro Preto, é isso?

Redatozim disse...

hahahahaha boa, Glauquito. É Oscar Castro Neves e eu me confundi. Já troquei no post. Valeu.