segunda-feira, junho 25, 2007

Você não me engana, Clemente

Tava ouvindo hoje uma música dos Inocentes chamada Pesadelo. Já tinha ouvido várias vezes, mas hoje a letra me chamou a atenção.

Você corta um verso, eu escrevo outro
Você me prende vivo, eu escapo morto
De repente, olha eu de novo
Perturbando a paz, exigindo troco


Pensei involuntariamente cá com os meus botões: “engraçado, essa letra é muito bacana, poética, não parece coisa do Clemente”. Eu sei, eu sei, escrevendo assim parece que eu odeio as letras do Clemente / Inocentes e nem é isso, é só que o estilo era outro, mais refinado.

De qualquer forma, quando fui buscar na net a referência, não deu outra: os versos são do Paulo César Pinheiro e o burrão aqui nem conhecia. No mais, é como diz o outro, de onde não se espera nada é que não vem porcaria nenhuma mesmo.




Direto na têmpora: Fallin’ – Teenage Fan Club & De La Soul

4 comentários:

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

Redatozim disse...

Valeu a visita, Rodrigo. Eu e um amigo estamos inclusive inscrevendo uma estampa no camiseteria e no threadless. Vou dar uma passada no seu site, sim. Abraço.

Gláucio disse...

Vc só ouve ópera e música de burguês. Admita!

Redatozim disse...

Beethoven e Inocentes na veia. Anarquia capitalista, doido.