quinta-feira, setembro 04, 2008

Homem que é homem

Homem que é homem usa chapéu, óculos escuros e ninguém ri na cara dele.

Homem que é homem ouve Evaldo Braga, mas segura a onda e não chora.

Homem que é homem não acha que existe pinga forte ou cachaça ardida demais.

Homem que é homem é meio sósia do Jece Valadão.

Homem que é homem morre de tiro de marido corno, bebida ou câncer na próstata.

Vai com Deus, Waldick.







Direto na têmpora: Upon This Tidal Wave Of Young Blood – Clap Your Hands Say Yeah

10 comentários:

danny falabella disse...

hehe foi um sujeito legal. Meu marido adorava de verdade...hehe uma pena.

redatozim disse...

Não posso dizer que tenha sido fã da música dele, danny, gosto mais de Evaldo Braga, Odair José, Angelo Máximo, mas não dá pra discutir: Waldick era um mito.

Adriana disse...

Esse "ninguém ri na cara" forçou um pouco a amizade, mas vá lá. Em epitáfio vale o exagero.

redatozim disse...

Que é isso, dri, você conhece alguém que ri na cara de um "homem que é homem" e permanece vivo?

Juliano disse...

Waldick Soriano, Jece Valadão e Nelson Gonçalves... agora eles devem estar no meio de uma partida de poker no botecão esfumaçado e escuro em que se encontram.

redatozim disse...

E o primeiro a levantar da mesa pra mijar é chamado de veadinho pelos outros dois, juliano.

Carol Macedo disse...

homem que é homem
NÃO morre de câncer na prostata...

depois fica aí lutando pela vida
e acaba indo embora aos 75 anos ou aos 68, como meu pai...

redatozim disse...

Carol, foi obviamente uma brincadeira. Eu também não acho, por exemplo, "que homem que é homem" tem que ser sósia do Jece Valadão.

APPedrosa disse...

Achei que o direto da têmpora ia ser "eu não sou cachorro, não!"

redatozim disse...

Vou te falar, appedrosa, se eu tivesse o mp3 dela, seria mesmo, viu?