segunda-feira, setembro 15, 2008

Democratas

Existem pessoas abertas ao diálogo e pessoas abertas ao monólogo. Gente que acredita naquela frase que eu acho que já postei aqui (e que acho que é do Millôr): "Ditadura é quando você manda em mim. Democracia é quando eu mando em você."

E eu acho que às vezes é isso mesmo. Tem gente que tem que ser obedecida sem discussões por seu gênio, conhecimento e grau de responsabilidade que a ação envolve.

Só não me venha fingir que é um democrata, né, ô Pinochet?




Direto na têmpora: When we was fab - George Harrison

10 comentários:

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão... Em minha profunda imodéstia venho lembrar que eu é que postei essa frase na nossa lista de e-mail do Loyola, e você a trouxe para a pastelaria, com créditos e tudo, alimentando a minha supracitada imodéstia. É mesmo do Millôr. E aqui nesta Autarquia Vital o que mais vemos é esta modalidade de democracia... Estamos em um período de discussões, a turma está dividida em duas categorias básicas, e nas redes internas de discussão o que mais se vê é isso. Um colega falando com o outro, "Respeito muito a sua opinião, mas acho isso uma grande idiotice, só mesmo um cretino filho da puta poderia dizer uma merda dessas". Ou então, "na minha HUMILDE opinião eu acho que a coisa funciona dessa e dessa maneira, e quem pensa diferente é porque não sabe porcaria nenhuma, ou então é um mau-caráter ignóbil". E assim caminha a humanidade, com passos de formiga e sem vontade.

redatozim disse...

Eu não só me lembro de seu comentário na lista, Gasta, como me lembro de que uma das pessoas da lista mostrou-se um típico Garrastazu em pele de Gabeira, lembra?

Gastão disse...

Lembro vagamente, cara... Imagino quem era o pequeno Tito, imagino o contexto em que se deu a discussão. Não lembro dos detalhes. E, se não me engano, essa minha citação foi sozinha numa mensagem, meio que desistindo de debater, no estilo "vai na frente que eu hoje eu não vou".

redatozim disse...

Bom, o pequeno Nero nem era tão pequeno, mas enfim

ndms disse...

Este é um assunto que agora eu entendo um pouco, pela vivencia e pelo livro espetacular que você me presenteou: 1808. Nossas orígens (social, política, etc ) estão muito bem esclarecidas nele

Muito obrigado

redatozim disse...

De nada, ndms, mas acho que alguns fatos mais recentes na nossa história criaram mais uma leva de gente com esse perfil.

Cris Bartis disse...

Ai Maurilo que delicia ver esse vídeo. Me lembro de assistir aos domingos, antes do fantástico.

Não que seja velha, claro, vi mais no tunel do tempo do Vídeo Show mesmo =P

Fez minha segunda cinza mais alegre.

bjucas

redatozim disse...

Obrigado pela visita embaixadora, jurisconculta, engenheira.

APPedrosa disse...

Adorei "gente aberta ao monólogo". É isso mesmo se pararem para lembrar de uma conversa, não encontrarão uma palavra sequer do dito interlocutor. E são os que mais se acham abertos ao diálogo.

redatozim disse...

Exatamente appedrosa. O discurso de defensores da liberdade vale até a hora em que precisam ouvir outra opinião. Aí, minha amiga, stalinizam na hora.