segunda-feira, setembro 29, 2008

E se...

E se eu tivesse feito medicina como eu queria até um ano antes do vestibular? E se eu tivesse ficado em Curitiba? E se eu tivesse aceitado aquele emprego em Patos de Minas? Ese eu tivesse dito mais "não" do que "sim"?

Como diria Buda (ou talvez tenha sido Gandhi), "e se... é o caralho". Decisão tomada é decisão a se viver, não a se lamentar. E pronto.

Essa história de analisar os caminhos não trilhados, de imaginar como a vida seria se eu tivesse feito as coisas de outro jeito não me pega. Ah, mas não me pega mesmo.

É por isso que eu me preocupo tanto com um amigo meu que acha que perdeu a chance, que acha que poderia estar em São Paulo, que acha que deixou passar a mulher certa e, ao invés de viver a vida que tem, lamenta a que poderia ter dito.

Seja feliz, meu velho, e deixe o que não foi lá, quietinho, simplesmente não sendo.




Direto na têmpora: World spins madly on - The Weepies

25 comentários:

zega disse...

boa. e se minha vó fosse uma bicicleta eu andava nela.

redatozim disse...

Esse é o espírito, zega.

Anônimo disse...

A vida está aí e todos procuramos os caminhos que nos tornam mais felizes. O que você disse aí, é o caminho mais fácil para conseguir isso. Muito bem!

redatozim disse...

Valeu, anônimo.

Jonga Olivieri disse...

Daí a dizer: Ai se eu não fosse corno!, é um passo.
Don Oliva

redatozim disse...

hahahah verdade, don Oliva. Se for corno, aproveite, monte uma dupla sertaneja e encha o rabo de grana, oras.

Anônimo disse...

Como dizem os filósofos baianos

"chupa que é de uva".

redatozim disse...

Como dizem os filósofos húngaros, anônimo, sobre sua frase desprovida de conexão com qualquer coisa: "o que é que tem a ver o cu com as calças?"

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão... inevitável lembrar de uma crônica do Veríssimo, em que o cara encontra alguns dos seus "e se..." num boteco, encarnados, uns melhores do que a realidade dele, outros nem tanto.

redatozim disse...

belíssima lembrança, gasta. Ótima crônica.

danny falabella disse...

Isso aí..mesmo porque talvez estes caminhos não te levassem a ter esta familia linda! Tb penso assim. A respeito do anônimo eu acho que o lance é meio do tipo: Aproveita suas oportunidades, se joga...enfim chupa que é de uva...hahaha foi esta minha leitura do chupa...hehehe

redatozim disse...

exatamente, danny, o que pareceria ser uma boa idéia às vezes te leva a lugares piores. e eu vou te falar, tô feliz demais com o que tenho.

Charlene disse...

belas palavras ... o " e se ..." na minha opinião é um começo de frase muito ruim .. traz consigo uma carga negativa... é como se o arrependimento fosse o seu único sentimento... e não tem nada pior do que sentir isso...

mas gostei das suas palavras... e ponho mais .. o "e se... deveria ser tido como palavrão .. assim ninguem ficava falando em grande quantidade... como tem varios por ai [ politicos e afins ]

redatozim disse...

Verdade, charlene, a gente luta para mudar o que vai ter, não para mudar o que teve.

Charlene disse...

eu poderia usar " e se..." em .. e se pudessemos mudar o passado??... mas dai a resposta surgiria no futuro, que pode as vezes nao parecer legal, mas é bom vive-lo, digo isso pq eu nao gostaia de mudar nada no passado ... pq o meu futuro ta sendo otimo, e mesmo que nao estivesse , me esforçaria mais para que fosse...o passado ate atravancaria o meu esforço

redatozim disse...

Concordo, charlene, concordo mesmo.

zega disse...

pow, eu nunca li essa crônica aí que o gastão falou. rola o nome, ou uma referência?

redatozim disse...

Zega, só sei que é do Veríssimo, mas o nome eu não vou lembrar nem fodendo.

Carlos Emerson Jr. disse...

Cara, se a gente começar a considerar todos os "se" da vida... vamos ficar malucos!
Um abração.

redatozim disse...

Abração, cejunior, é exatamente isso.

Micho en el pais de las maravillas disse...

Eu já tive essas manias, hoje em dia acredito que tudo é perfeito do jeito que é!
A vida não pode ser feita de " e se..." que trem mais chato.

redatozim disse...

e se não estiver perfeito, micho, a gente muda ao invés de resmungar, né não?

Micho en el pais de las maravillas disse...

lógico!
Valeu mestre

Tita disse...

Fazia um tempinho que não vinha aqui...e, de repente, encontro um post como este, que me caiu como uma luva...fantástico Mr. Pastelzinho!

redatozim disse...

Isso é pra você aprender a não sumir, tita ;-)