quarta-feira, julho 02, 2008

Elegia à burrice

Eu gosto de gente burra. Mesmo. De verdade. Eu, que tenho uma inteligência mediana, adoro estar cercado destes píncaros de ignorância. Só assim eu consigo fazer meu parco intelecto merecer algum destaque. Sabe aquela história da gordinha que só anda com as amigas beeeeem gordas para parecer mignon? Pois é.

Um bom exemplo é o Leonardo, aquele da cotovelada na Copa de 94, que sempre foi tido como um jogador de futebol inteligentíssimo, articulado e sempre negou este "título", afirmando ser apenas mediano. A causa da confusão? O meio de atuação do rapaz. Comparado a tantos jogadores de futebol com problemas de expressão e raciocínio, alguém comum é percebido como gênio. É só colocar o rapaz falando ao lado de qualquer outro do elenco e a diferença é clara.

Gente burra faz a gente rir. Tá certo que também faz a gente passar raiva, principalmente se o seu trabalho depender deles, mas são extremamente divertidos.

Nada como o olhar uma pessoa burra que recebe uma explicação óbvia. A mistura de perplexidade e descrença é simplesmente indescritível. O burro em questão descobre que existe um mundo inteiramente novo à sua frente, mas teme dar o primeiro passo em sua direção. É quase a escolha de uma pílula em Matrix: você escolhe a burrice voluntária ou prefere pensar?

Enfim, quero estar cada vez mais cercado dos burros, principalmente dos burros que falam "com propriedade". É só através do comparativo com eles que as pessoas poderão dizer: "putz, o Maurilo é até inteligente". Caso contrário, passo despercebido, e aí não tem graça.




Direto na têmpora: Stay away - Nirvana

12 comentários:

alexandre disse...

groo não entendeu.

redatozim disse...

Ora, meu caro groo alexandre, quanto mais gente burra, mais inteligente eu pareço. Ou teria você feito uma piada e eu não entendi? Meu Deus, o burro sou eu!

Gastão disse...

Redatozim, meu irmão... você e essa mania de escrever difícil... O que significa "píncaros"? E "parco"? E "raciocínio"?

Anônimo disse...

rarará o pior de tudo, maurilo, é burro com iniciativa. aí, meu amigo, a vaca, o boi, a manada inteira, tudo, tudo vai pro brejo rsrsrs

Aroeira

redatozim disse...

Eu também não sei o que significa, gastão, mas li em um livro (o horror, o horror) achei bonito e resolvi colocar aqui.

redatozim disse...

Exato, Aroeira, nada pior do que um burro com iniciativa, como dizia o Maluf.

Micho en el pais de las maravillas disse...

é tão verdadeiro que peço sua autorização para copiar e colar no pais das das maravilhas.

redatozim disse...

Permissão concedida, caríssima micho.

Danny Falabella disse...

agora vou ter um certo receio e pé atras caso vc disser que gosta muito da minha compania...tsctsctsc

ndms disse...

O animal " burro " acho que não gosta nada dessa historia. Até hoje ele não entende essa discriminação. Me recordei do conto que bem representa isso: um senhor passava com seu carro em frente ao hospicio, quando saindo uma roda do carro ( perdeu os parafusos )ele se pertubou e não sabia o que fazer. Então, um louco que estava sentado no muro disse: porque que você não tira um parafuso de cada uma das outras rodas e coloca nessa. Assim, acho que vai ser possivel que você chegue a um posto de gasolina mais próximo e, então, poderá resolver o seu problema de maneira definitiva. O cara do carro perguntou: Ué, você não é doido ? Respondeu o doido: eu sou doido sim mas BURRO não

redatozim disse...

Uai, danny, eu gosto de burros, mas não só de burros, pode ficar tranqüila risos

redatozim disse...

Bom exemplo, ndms, afinal, louco é louco, burro é burro.