segunda-feira, fevereiro 21, 2011

O barco

Dois pescadores estavam em um barco e, já bem distantes da costa, viram uma tempestade se aproximar de repente. Tentaram se afastar o mais rápido que podiam, mas foram pegos pela tormenta e, em completo desespero, se viram indefesos em meio ao caos.

O pequeno barco era jogado de um lado para o outro e não demorou muito até que os dois caíssem na água. As ondas vinham cada vez maiores e só restava a eles tentar manter a cabeça acima da superfície.

De repente, ao longe, avistaram um barco. Era impossível nadar até ele e seus gritos nunca seriam ouvidos pela tripulação.

Foi quando um dos amigos disse:

- Aguente firme e não perca o barco de vista. É só o que dá pra fazer.


Fique de olho no barco. Não se afogue. Às vezes é só o que dá pra fazer.




Direto na têmpora: Is there a ghost - Band of Horses

8 comentários:

PC disse...

É assim que a gente mantém esperança na vida, meu.

Anônimo disse...

wow gotta love that

Flor que Fala disse...

Além da esperança que se tem do barco a vista, tem também a voz do amigo!
Muito bom!

Facundo disse...

Cara, muito bom! Parabéns!!! òtima reflexão para as tempestades que enfrentamos na vida!

redatozim disse...

É isso aí, PC.

redatozim disse...

thx, anônimo

redatozim disse...

Muito bem lembrado, Flor Que Fala.

redatozim disse...

E toda tempestade passa, Facundo.