quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Consequências

Tudo na vida tem consequências. Ok, se você é o Sarney isso não é verdade, mas pra nós, pobre mortais, costuma ser assim.

Conto isso porque ontem meu advogado ligou e veio dizer que conseguiu confiscar uma grana da conta-corrente de um cara que nos devia uma grana desde 1998. Não é o valor total, mas é alguma coisa.

E, pra mim, o mais importante é saber que nenhuma das cinco pessoas da "gangue" pode ter carro, imóvel ou conta de banco em seu nome sem que a justiça o incomode para que pague o devido à minha família (e até onde sei, a muitas outras pessoas também).

Resumindo, quem escolhe agir como bandido, tem que saber que vai viver como bandido. A não ser, é claro, que você seja um certo Senador.




Direto na têmpora: A day in the life - The Beatles

8 comentários:

ingrid disse...

Eu não sei como esse pessoal consegue deitar a cabeça no travesseiro e dormir. Tanto os "Sarneys" quanto esses "membros de gangues", é muita cara de pau nesse mundo. Que bom que para você e sua família, mesmo que tardiamente, alguma justiça foi feita :)

redatozim disse...

Pois é, Íglêide, saber que alguma justiça de vez em quando é feita é muito bom.

Sonia Pallone disse...

Tudo na vida é uma questão de escolhas...Parabéns pela vitória! Voltei depois de um tempo ausente, gosto daqui. Beijos.

redatozim disse...

Obrigado por voltar, Sonia. Beijos.

lilaemarcelo disse...

Maurilo, eu e meu marido estamso começando um processo parecido. Meu mairdo trabalhou p uma editora de Salavdor por 12 anos, e foi demitido porque não aguentava mais trabalhra sem receber salário direito. Na demissão, descobriu-se que o FGTS não foi depositado por 08 anos. Fizmeos acordo, e na hora de pagar a segunda parcela nada! Agora é pedir arresto de bens. E o pior que o cara é consultor sobre bom atendimento/ vendas em SSA!

redatozim disse...

Pelo menos trabalhista é mais rápido, Lila. Boa sorte pra vocês.

Rafael Moreno disse...

Aqui na minha cidade os vereadores, em uma sessão extraordinária sigilosa, aumentaram seus respectivos salários de 7 para 15 mil. Realmente, como esse pessoal consegue deitar a cabeça no travesseiro e dormir? Acho que falta de vergonha dá sono.

redatozim disse...

E dormem felizes e de barriga cheia, Rafael. Consciência aí não existe.