terça-feira, maio 19, 2009

Gênios da raça


Para aí mesmo, filha, a gente que se exploda.



Fazer compras na hora do almoço já não é algo tão bacana. Chegar ao Verdemar e encontrar um carro que ocupa duas vagas sem nenhum motivo aparente é a cereja no bolo.

A mulher que parou esse carro assim (e digo mulher não por preconceito, mas porque um dos funcionários viu a madame estacionando o veículo) deve ser daquelas que para em vaga para deficientes, que joga lixo no andar de baixo (como alguns vizinhos meus fazem) e que acha que o mundo como um todo existe para servi-la.

Uma pessoa assim é o tipo de estúpido com o qual somos obrigados a conviver em espaços públicos e que traduz como poucos a expressão "o foda-se é seu". É esse tipo de gente que, como diz um amigo meu, "estravanca o pogresso".

Mas você pode ficar tranquilo e certo de uma coisa: esses fdps estão em todo lugar, mas sempre que podem preferem ficar perto de mim. Ou isso, ou então ela tá certa e eu sou apenas um velho resmungão.




Direto na têmpora: Born to love you - The Sensations

32 comentários:

Lucas Queiroz disse...

O bom é saber que com tamanha habilidade motora, logo logo ela joga o carro no barranco da nossa sra. do carmo e acaba com o nosso sofrimento.

redatozim disse...

Ou pelo menos tem a carteira cassada, Lucas. Vamos torcer.

Com vergonha disse...

Acabei de conhecer o blog e adorei esse post em especial. É impressionante como as pessoas são folgadas, mal educadas e medíocres.
E elas não estão só perto de você, elas dominaram o planeta!

redatozim disse...

É verdade, Com Vergonha, tenho a teoria de que os fdps são seres alieníginas que assumiram a forma humana pra fazer coisas escrotas e minas a humanidade. É uma teoria, mas vai saber...

Cris Bartis disse...

Outro dia meu vizinho que tem uma BMW fodona fez isso.

Peguei um papel e escrevi: "querido CORNO, porque não para 45º de uma vez? bjs, mercedes."

Na garagem tem umas 5 mercedes e uma senhora bem velhinha no prédio se chama Mercedes.

Eu sei que não presto, mas não resisti.

Ao menos funcinou =)

redatozim disse...

Excelente idéia, Cris. Se você tivesse aproveitado e arrancado um espelho retrovisdor dele, seria perfeito.

helena disse...

Conheço gente que colou infinitos Post-Its numa picape, que estacionou tão lindamente quando essa Sra, com mensagens como "Barbeiro", "Dono da rua", "Sem mãe" etc. Funcionou tb. Eu acho.

redatozim disse...

é boa idéia mesmo, heleninha, decepcionantemente pacífica, mas boa.

Micho en el pais de las maravillas disse...

Ahhhhhhh! eu torço para que a previsão do Lucas acima, esteja certa e breve, breve tenha menos um imbecil no mundo!
Assim eu poderia falar menos palavrões!

redatozim disse...

Os imbecis venceram, micho, acostume-se.

Ju Sampaio disse...

Sempre que vejo cenas assim, eu deixo bilhetinhos desaforados no pára-brisa. Mas beeeeeem desaforados mesmo. Já ando até com um bloquinho em branco na bolsa. Adiantar eu não sei se adianta, mas pelo menos desopila meu ódio.

redatozim disse...

Eu acho que os mais imbecis nem lêem, Ju, muito menos ainda compreendem. Mas só de diminuir a nossa raiva já ajuda.

Gastão disse...

Redatozim, o pior é que os fdp não são alienígenas não, cara, antes fossem.

Outro dia eu vi um desses parado no estacionamento qualquer desses, botei um bilhete (quase um cartaz, era o verso de uma propaganda do tamanho de um papel A4 que recebi no sinal), escrito: "Vai estacionar mal assim lá na puta que o pariu!"

Assim, na base da sutileza.

redatozim disse...

Sempre um diplomata esse Gastão.

PS - você viu o Juvenal no Paquistão?

danny falabella disse...

aiaia e eu so pensei em furar os 4 pneus desta piranha mas apos ler os comments com bilhetes me senti um monstro..hehehe

lilaemarcelo disse...

Maurilo, eu e Marcelo criamos um "troféu" de brincadeira sobre isso. Cada vez que vemos algo assim, comentamos que ele está se candidatando automaticamente para "O Estacionamento da Semana". A ideia começou de podermos rir comm isso e desopilar, mas queremos tirar fotos de todos e postar no blog. Quem sabe assim, os imbecis se envergonham de assumir a imbecilidade! abraços

redatozim disse...

e eu que não fiz nada, danny? nem cuspir no vidro eu cuspi. sou um fracasso como repressor da estupidez.

redatozim disse...

É por aí mesmo, Lila. O Felipe, amigo meu, teve um blog nesses moldes mas eu acho que não foi pra frente. Sempre que achar exemplos vou colocar aqui no pastelzinho.

zega disse...

como eu não costumo frequentar esses porta-carros, aconselho uma estratégia muito praticada em carros que páram em cima da calçada: um cuspe bem no meio do vidro, escorrendo qual caca de passarinho, no melhor estilo “que lojo!”

Josi disse...

nossa vem andar aqui no morumbi pra vc ver. Povo com carrão, filhinhos de papai e donas que compraram a habilitação que acham que pagam 2 ipvas portanto tem direito de andar no meio da rua, estacionar de qqr jeito, te fechar no transito e andar a 20 por hora num lugar que se anda a 70...aiaiaiaia enfim essa é a vida e só pq a gente reclama esse tipo de gente aparece..rs
T+

redatozim disse...

zega, eu tive essa chance e perdi, mas é uma boa tática.

redatozim disse...

É uma praga mundial, Josi.

Cacate disse...

Eu ia protestar contra o "filha" antes de terminar de ler o post. Ainda bem que você explicou a tempo.

redatozim disse...

e vc acha que eu não pensei nessa reação de socialites como vc, cacate?

ndms disse...

É o egoismo, o individualismo, vencendo o mundo. O pior, tudo isso é gerado pela má educação na familia, no colégio, enfim, na comunidade em que vivemos

redatozim disse...

é por aí, ndms.

Renata Feldman disse...

Não, meu caro amigo, você não é um velho resmungão... Compartilho da sua indignação e fico pensando que isso deve ter uma explicação, mesmo que a gente não goste dela: egoísmo exarcebado, falta de gentileza social e urbana, "umbiguismo", sei lá o quê... Ou então aconteceu alguma coisa, ela teve que sair correndo, não pensou no que fez... (Será? Será? Será?)

redatozim disse...

a pressa era tanta que ela ainda fez as compras, Rê... essa aí não tem desculpa, é mal educada mesmo.

Ju Sampaio disse...

PS: Já que a Cacate confessou, eu confesso também. Vi o post no Reader e o que me fez clicar primeiro foi minha indignação com o "filha". Hahahaha. #feministpride

redatozim disse...

poxa, ju, mas vocês me vêem mesmo como um porco chauvinista assim?

Anônimo disse...

Oi Maurilo,
Passo por aqui praticamente todo dia e comento muito raramente porque sou muito sem graça (e confusa) para escrever, mas hoje você tocou num ponto que realmente mexe comigo.
É Educação que falta para essas pessoas que pensam que são o centro do universo. Isso tem jeito nas próximas gerações se dermos bons exemplos aos nossos filhos. Acredito que é a única maneira. Também por isso gosto de ler o que você escreve. O cuidado que você e a Fernanda demonstram ter com a Sofia, nas músicas que ela ouve, nos locais que frequenta, nas brincadeiras que apresenta a ela. São essas coisas que fazem diferença na formação do caráter. Faço o mesmo com meu filho. Tenho certeza que o caminho é esse.
Você falou de vagas de deficientes. Fico aborrecida em ver como são desrespeitadas aqui em BH, mas ao ler, também quase que diariamente o Blog do Jairo, Redator da Folha de SP (e deficiente físico), vi que o problema é mundial. Quando puder, dê uma olhada em :
http://assimcomovoce.folha.blog.uol.com.br/
Um abraço,
Parabéns!
Denise Monteiro
dmonteiro1@gmail.com

redatozim disse...

DEnise,

fiquei muito feliz com o seu comentário e orgulhoso em saber que passo essa imagem bacana da minha família.

Educação e respeito são, para mim, as grandes virtudes que faltam às pessoas nos tempos atuais.

CAbe a nós fazer a nossa parte e torcer pra que nosso esforço dê frutos.

Beijo e obrigado de novo.