quinta-feira, março 24, 2011

A casa da Rainha da Noite

Sophia anda apaixonada pela ópera A Flauta Mágica, de Mozart. Comprei nas bancas como parte de uma coleção indicada pelo Ivan Pawlow e hoje a baixinha já reconhece A Rainha da Noite, Tamina e, é claro, o seu favorito Papageno.

Pois hoje, ouvindo pela milésima vez o dueto do Papageno e da sua Papagena, Sophia perguntou se os dois eram meio aves e meio gente de verdade. Titubiei, enrolei e não respondi. Poucos segundos depois, minha Sophia volta à carga:

- Papai, um dia a gente pode ir na casa da Rainha da Noite?

Fiquei ali, feito uma besta, balbuciando qualquer coisa e morrendo de dó de explicar que aquela maravilha que deixava ela tão encantada era apenas fantasia.



Papageno e Papagena.




Direto na têmpora: Blah Blah Blah - Say Hi To Your Mom

2 comentários:

Aline Simões disse...

E porque não aumentar a fantasia??

redatozim disse...

VErdade, aline, preciso pensar nisso.