segunda-feira, março 08, 2010

Girls, girls, girls

Eu nasci em um ambiente essencialmente masculino, com meu pai e dois irmãos. Minha mãe era a exceção e fazia o papel de bicho raro da família.

Mas mãe é mãe, e quando bem jovens não temos uma visão muito clara de que elas sejam a mesma coisa sobre a qual nos referimos quando falamos de mulheres nas conversas entre moleques.

Fui descobrir o que era mulher em cada professora, em cada coleguinha de sala, em cada menina do bairro, em cada namorada, em cada amiga e, ao longo tempo, consegui duas certezas: 1) quanto mais eu as conheço, menos eu as entendo e 2) quanto mais eu as conheço, mais eu as amo.

Hoje não apenas reconheço minha mãe como mulher, como sei que é das melhores que há pelo mundo. E nesse mesmo mundo encontrei outra mulher para me fazer descobrir companheiro, para me fazer saber que vale acreditar no "pra sempre". Com esta mulher tive uma filha que me transforma inteiro e com elas vivo cada vez mais em um universo essencialmente feminino.

E tanta felicidade é mais do que eu algum dia pedi a Deus.



PS - Se você é mulher e vê valor nesta data, feliz dia de hoje para você.




Direto na têmpora: Seen Enough - Mars Needs Women

12 comentários:

Raquel do Carmo disse...

Maurilo, acredito que dia das mulheres são todos os dias. E dos homens também porque não? O cuidado do todo depende do cuidado com a parte, é a observância do dia a dia que garante as vitórias, as alegrias, os verdadeiros momentos "pra sempre". E é isso que acho que temos que comemorar sempre. Beijo Grande! E obrigada pela lembrança neste dia "oficial".

redatozim disse...

A data é mesmo para a gente lembrar o quanto vocês são importantes, Raquel (e pro comércio faturar, é claro), mas a conquista do carinho e do respeito é mesmo no dia a dia, senão não funciona de jeito nenhum.

Ilda Marcia disse...

hj eu li alguns textos na web sobre o dia da mulher e eles foram escritos por mulheres, mas sem puxasaquismo, o seu foi o mais sincero, sem aquela eterna disputa de sexos, que a mulher é menosprezada, que é isso ou aquilo, um chatice total.Resumindo Maurilo, acho que os parabéns tem que ser p/ vc pelo texto, pela homenagem as principais mulheres da sua vida! (Mas brigadim por lembrar da gente)

redatozim disse...

Valeu mesmo, Ilda, se eu agradei alguma mulher com o texto, missão cumprida ;)

Renata Feldman disse...

Alguns homens têm alma feminina, Maurilo... Lindo texto, adorei!

redatozim disse...

Acho que eu sou a alma feminina mais bronca do mundo, mas agradeço demais o elogio, Rê. Beijo.

Beebop. disse...

Belo texto. Uma abordagem mais suave do que é ser mulher e do que representa esse dia -que não precisaria nem existir se houvesse mais igualdade e respeito entre as pessoas.
abç!

redatozim disse...

Valeu, Beebop, é isso aí mesmo, um dia que idealmente não precisaria ser comemorado.

lumerigueti disse...

Obrigada, amigo! Mais uma vez me emociono com o que escreve. É muito bom conhecer pessoas como você, Nanda e Sophi. Beijos.

redatozim disse...

Poxa, Luana, vocês são nossa família-irmã. Bom demais saber que você gostou. Beijo em você e nos outros três queridos.

ndms disse...

Todos tem a felicidade que merece, porque cada pessoa constroi a sua. Por isso, curta-a em todos os momentos

redatozim disse...

Estamos curtindo muito, ndms. Valeu!