quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Repastelando

Um poeminha antigo que já tinha postado no pastelzinho, mas que acho legal repostar.


Raiar

Basta-me essa dose de alegria
E rompo a manhã.
Basta-me que sendo a última
Não me encontre entregue
E que sendo única
Não me constate o mesmo.
Porque assim são todas as manhãs,
Demandantes, custosas, inícios.
E mesmo finais,
Nelas principio.




Direto na têmpora: Richie Havens

2 comentários:

ndms disse...

Muito bonito e apaziguante. Meus parabéns

redatozim disse...

valeu, ndms