segunda-feira, maio 05, 2008

Papa was a rolling stone

Em 1985, com 13 anos, assisti Whitesnake, Queen e Iron Maiden no Rock in Rio I. Na segunda edição, foram Guns’n’Roses, Faith No More, Judas Priest, Sepultura, Megadeth e outros menos cotados. No 3, Red Hot. Passei por Quiet Riot, Peter Gabriel, Yngwie Malmsteen, Chico Science, Ratos de Porão, Page e Plant, Rolling Stones, Ten Years After, Ozzy, Metallica e muitos outros que não vou ficar lembrando agora.

Ainda me recordo de um show no Parque da Gameleira, em 1994, que incluiu Overdose, Viper, Ramones e Sepultura. Durante o show dos Ramones, o pau quebrando e eu, na primeira fila, me entusiasmei e chutei a grade de segurança repetidas vezes até que ela caísse e a turba ignara invadisse a área guardada pelos seguranças. Assisti ao show inteirinho colado no palco e vou te falar que teve bão. Em seguida, no Sepultura, minha coluna travou e eu tive que me retirar.

Depois disso veio o acidente de carro, o show do Monsters of Rock em SP, ainda de bengala, que contou com Dr. Sin (eca!), Angra (eca!), Raimundos, Viper (de novo), Suicidal Tendencies (uêba!), Black Sabbath (uêba!), Slayer (uêba!) e Kiss. Foi no show do Slayer, inclusive, que eu me aventurei até as primeiras filas apenas para ser repelido pela multidão já nos primeiros acordes, enquanto pulava e tentava me equilibrar com a bengala, parando uns 20 metros para trás.

Isso tudo pra dizer que, por mais pai de família que eu seja, ainda bate neste peito um enferrujado coração rock and roll. Graças a Deus.


PS - Hoje, na rádio Maurilones, é All Ramones, All Day. Hey! Ho! Let’s go!




Direto na têmpora: The KKK took my baby away - Ramones

10 comentários:

zega disse...

faith no more, taí um show que eu queria ter visto...

redatozim disse...

Eu fui neste dia pra ver Robert Plant, que furou. Sobraram Billy Idol, Guns'n'Roses que eu já tinha visto dois dias antes e o tal FNM, que eu não conhecia. Os caras simplesmente destruíram tudo, foi sensacional. Pena mesmo que você não viu, Zega.

Raffinnhaaaa disse...

O show no Parque da Gameleira, em 1994 já é uma lenda. Se todo mundo que diz que foi e realmente foi, encheria duas gameleiras.

Eu fui, foi bagunça, pancadaria e vodka do início ao fim.

redatozim disse...

Cara, pancadaria eu não vi, só se foi no Sepultura quando eu já estava de repouso em meu lar.

E, que eu me lembre, nem tão cheio assim estava. Fui confortavelmente assistir Ramones lá na frente. Cheio estava o primeiro Monsters. Cheio estava o Rock in Rio. Cheio estava o Sepultura no show do Arise, onde hoje é o Diamond. Putz!

don oliva disse...

O meu rock remonta a fatos e pessoas um pouco mais ancestrais. Assistia filmes de Elvis, principalmente no Metro Copacabana. Depois, vi surgir os Rolling Stones, os Beattles.
Mas, naqueles tempos, show no Brasil, nem pensar... éramos a periferia de América, "cuica" do mundo. hehehe!
Mas... valeu!

redatozim disse...

Se os Beatles viessem eu estaria lá, sem dúvidas, Don Oliva.

zega disse...

putz, eu fui num show do sepultura faz uns 4 anos e tava vaziaço. e ruim. aliás, acho que eu era o único maior de idade do recinto... mentira, éramos eu e o andrezim.

redatozim disse...

Velho zega, o último do Sepultura que eu fui foi em SP, junto com Metallica, mas com Derek não rola mais.

ndms disse...

Isso tudo pra dizer que, por mais pai de família que vocêu seja, ainda bate neste peito um enferrujado coração rock and roll e "um show de bate cabeça"...graças a Deus.

redatozim disse...

E a baixinha vai pelo mesmo caminho, pelo que parece, ndms risos