sexta-feira, julho 13, 2007

Lamento de um futuro calvo

Henrique Lisandro está careca
Assim como era Drummond de Andrade
Guimarães Rosa ostentava a calva
Até com ponta de vaidade

Bruce Willis é liso em cima
Aeroporto de mil mosquitos
E Sean Connery reforça a fama
De que os carecas são mais bonitos

Picasso foi gênio
Gandhi foi santo
Zidane foi craque
Vinicius, um encanto

É de se invejar o clã
Das nobres cabeças sem pêlos
Estou em ótima companhia
Mas eu queria era ter cabelos




Direto na têmpora: Flipper - Joelho de Porco

6 comentários:

oliva disse...

Semore consola aquela máxima de que "é dos carecas que elas gostam mais".
Pelo menos, poderá confirmar isto na prática...

Redatozim disse...

Fernanda me conheceu com cabelo, Oliva. Nem isso eu vou poder comprovar na prática.

roger disse...

só não pode virar cabireca, ok?
pelo bem da nossa amizade.

Redatozim disse...

Prometo tentar, Roger. Pelo bem da nossa amizade e do meu casamento também, uai.

roger disse...

fica careca igual homem, rapá! sem essa de cabireca, é isso que eu quero dizer.

Redatozim disse...

Eu entendi, porra! Tô dizendo que a Fernanda também iria odiar um cabireca.
Agora, comenta lá a matéria da vergonha na cara porque aquilo ali é um absurdo e vai passar em branco?