segunda-feira, abril 30, 2007

A menina do norte

A menina do norte é branca.
Branca com amarelos, azuis e às vezes um rosa
que não consegue ser vermelho.

A menina do norte é metade dia
e uma outra parte de noite que não passa.

A menina do norte sorri pouco,
toca pouco,
ouve tudo
e obedece.

A menina do norte escandinava as sílabas de tudo o que diz.
E a gente, surdo, quer ser do norte também.

(Alberto Guiñazú)




Direto na têmpora: Der Kommissar - Falco

2 comentários:

Renata disse...

Tô burrinha hoje, não entendi nada...
bjos

Redatozim disse...

hahahahaha mas gostou sem entender ou não gostou e nem entendeu?