segunda-feira, abril 23, 2007

Na ativa

Depois de 26 dias de férias totalmente Sessão da Tarde, nada como a canção-tema de Bat Masterson para embalar a volta ao trabalho.


No velho oeste ele nasceu
E entre bravos se criou
Seu nome em lenda se tornou
Bat Masterson, Bat Masterson

Sempre elegante e cordial
Sempre o amigo mais leal
Foi da Justiça um defensor
Bat Masterson, Bat Masterson

Em toda canção contava
Sua coragem e destemor
Em toda canção falava
Numa bengala e num grande amor

É o mais famoso dos heróis
Que o velho oeste conheceu
Fez do seu nome uma canção
Bat Masterson, Bat Masterson

Seu nome em lenda se tornou
Bat Masterson, Bat Masterson.




Direto na têmpora: Japanese Sandman - Django Reinhardt & Stephane Grappelli

6 comentários:

Jonga Olivieri disse...

Sim, Bat Masterson, com Gene Barry no papel título. Uma série engraçada e inesquecível. Vai fundo... o trabalho vem aí...

tiago disse...

ela já chegou!
certamente vai visitar vcs...
está morrendo de saudade.

Redatozim disse...

Ah, Oliva, o trabalho já veio aqui. Mas tá bom, na verdade, tá ótimo.

Redatozim disse...

Beleza, Tiago. Minha sogra vai ao casamento da Marina e eu tava quase indo de penetra só pra ver a Kel risos

Rubens disse...

Quando éramos garotos, eu e meus primos ficávamos parodiando o refrão do tema do Bat Masterson: "Olha que gracinha, Bat Masterson de calcinha". Confesso que na época a gente ria pra caramba disso. É que achávamos o Bat Masterson um grande almofadinha (e ele era mesmo). Eu gostava mesmo era do Paladino do Oeste, o típico pistoleiro, todo de preto, que fazia malabarismos com suas pistolas. Lembra dele?

Redatozim disse...

Concordo plenamente, Rubs. Saca o tracho da letra "Em toda canção falava numa bengala e num grande amor". Falava numa begala!?!? Isso ee um almofadinha boiola. O Paladino era mais bacana mesmo. O David Crockett era legal também.