terça-feira, novembro 20, 2007

Vermelho de novo

Um trechinho bem amargo do Robert "Red" Walton que achei por aí. Na seqüência, a indefectível tradução porca.

"Believe you, please, that I’m a piece of shit
Since I was a kid, everybody thought I was destined to great things
But the one fact they missed is that I’ve always been a piece of shit
I never imagined I could do better
I never believed I had a special talent
I never cared about being good at anything
It just never even occurred to me I should try
I was born a fucking piece of shit
And all these people just wouldn’t let me be."


"Acredite, por favor, que eu não passo de um merda
Desde que eu era criança, todo mundo achava que eu estava destinado a grandes conquistas
Mas o único fato que eles não notaram é que eu sempre fui um merda
Eu nunca imaginei que eu pudesse fazer melhor
Eu nunca acreditei que tivesse algum talento especial
Eu nunca me importei em ser bom em nada
Simplesmente eu nunca sequer pensei em tentar
Eu nasci um merda
E essas pessoas todas simplesmente não me deixam em paz."





Direto na têmpora: Welcome to Tijuana - Manu Chao

4 comentários:

Danny Falabella disse...

nooossa..fiquei mó deprê...que que isso "meu fio"?

Redatozim disse...

O hôme é meio hard mesmo, mas é bão de vez em quando (o poema, não o hôme e nem o hard, deixemos claro).

Danny Falabella disse...

hahahah Homi hard é bão tb Maurilio...kakkkkkkkkkkk

Redatozim disse...

bao pra quem, fia? risos