quinta-feira, maio 10, 2007

Kaiser Soze

Hoje eu e Dani Laborna ficamos discutindo (conversando) sobre uma figura e me lembrei do Kaiser Soze. Quem viu "Os Suspeitos" se lembra do criminoso lendário que todos insistem em culpar. Seria ele uma lenda? Seria ele real, mas satisfeitíssimo em ser visto como uma lenda?
De qualquer forma, lembrei de uma frase do filme que considero genial e que serve tanto aos argumentos da Laborna quanto aos meus. E pra quem não participou do papo, serve como uma das citações mais bacanas da história do cinema: "The greatest trick the Devil ever pulled was convincing man he didn't exist".
Ou, numa tradução porca "o maior truque do diabo foi convencer o homem de que ele não existia".




Direto na têmpora: Daughter - Pearl Jam

6 comentários:

Rubens disse...

Crenças se baseiam em relatos. Nisso, fé e política são iguais. Mas olhe só a definição que a Bíblia, na carta de Paulo aos hebreus, dá: "fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem". Em política, não acredito que haja "firme fundamento" em nada, muito menos "das coisas que se esperam". E a "prova das coisas que não se vêem" dá no máximo algumas manchetes nos jornais.

Redatozim disse...

Em política quase tudo são coisas que não se vêem. E é por isso que eu cito o filósofo Ilacir Azul: quanto mais acharem que "é tudo lenda", melhor.

LIno disse...

O filme está, na minha opinião, entre os melhores e a atuação do Kevin Spacey é magistral, assim como o desenrolar da história e o seu final, surpreendente.

Redatozim disse...

Realmente, Lino, um senhor filme. E tão boa quanto a atuação do Kevin Spacey é a do Benício del Toro e sua dicção ininteligível.

Gláucio disse...

Atualiza a bagaça ai meliante.

Redatozim disse...

Tava sem browser na agencia. Agora facilitou, atualizarei em brteve.