quarta-feira, junho 23, 2010

Hoje eu sou outro

Eu já acreditei em projetos políticos, eu já planejei viver de literatura, eu já sonhei em ter três filhos, eu já fui louco por maria-mole, eu já pratiquei 4 horas de esporte por dia.

Eu já me achei superior a muita gente e já me aceitei inferior a qualquer um.

Eu já quis largar tudo, já quis reinventar tudo, já quis deixar tudo como estava.

Eu já amei e odiei meus pais, já comprei brigas que sabia que ia perder e já fugi da raia com a vitória nas mãos.

Eu já fui o idiota da vila, a voz da razão, o cego voluntário, o carrasco inconsequente, o melhor amigo e o pior traidor.

Mas hoje, eu sou outro.




Direto na têmpora: I think I need it too - Echo and the Bunnymen

6 comentários:

PC disse...

agradece a ela todo dia quando acordar...


ps: conversando em código, pra conversa ficar só entre nós dois.
Rapaz, fiquei impressionado com ela.
Alguma coisa você deve mesmo ter.
Mas guarde com você...

redatozim disse...

agradeço todo dia, PC.

Zé Celso disse...

Porra, texto massa.

redatozim disse...

Valeu, Zé.

Eduardo César disse...

Bacana, gostei.

redatozim disse...

Valeu, Edu.