segunda-feira, novembro 19, 2012

Em algum ponto do caminho


Você já se sentiu genuinamente perdido?

Longe demais para voltar ao ponto de partida e cansado demais para seguir até a chegada?

Você parado, inanimado, no ponto central de um caminho longo que agora já não faz nenhum sentido.

Sem respeitar o que passou, sem acreditar no que virá. Inerte, inepto, infértil.

Você já se sentiu assim?

E enquanto isso, o mundo gira sem promessas. Coisas, pessoas, palavras, luzes e você cansado demais para olhar.

No entanto, muitas vezes basta um passo para que a vida esbarre em você e indique um rumo que você não tinha visto.

Uma estrada com outros percalços e outras paisagens.

Um outro motivo para andar e descobrir que Cervantes estava certo quando disse que “hasta la muerte, todo es vida”.




Direto na têmpora: Lesley Gore on the T.A.M.I. SHOW - Casiotone For The Painfully Alone

2 comentários:

Micho en el pais de las maravillas disse...

hoje! é hoje que to assim!

redatozim disse...

vai melhorar, micho